.........

Ministro vem ao RS negociar terras

.........

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, deverá vir ao Rio Grande do Sul no final de julho para abrir negociação com o governo do Estado, produtores, indígenas e quilombolas acerca das demarcações de terra. O objetivo, segundo o deputado federal Luís Carlos Heinze, é levantar o interesse de produtores de vender as suas terras e ouvir as demandas do setor. O Legislativo federal também está pleiteando que Cardozo passe por Florianópolis e Curitiba, onde serão promovidas mesas de negociação como as que ocorreram em Mato Grosso do Sul. Três processos de demarcação de terras indígenas atingiram notoriedade pelo tamanho das áreas e número de famílias: Mato Preto, com 4,2 mil hectares e 360 famílias; Mato Castelhano, com 3,5 mil hectares e 200 famílias; e Sananduva, com 1,9 mil hectares e 160 famílias.

Fonte: Correio do Povo