MEIO AMBIENTE – Com novos equipamentos, Rio Grande do Sul amplia monitoramento das chuvas

O governador do Estado, José Ivo Sartori, anunciou, nesta quinta-feira pela manhã, a compra de 160 novas estações meteorológicas automáticas, o que torna o Rio Grande do Sul o estado com o maior número de equipamentos do tipo. As novas estações passarão a integrar a rede de informações pluviométricas, coordenada pela Sala de Situação da Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema). Após a instalação dos equipamentos, a rede acompanhará os índices de chuva em 612 pontos espalhados pelo Estado.

"Essa é uma conquista que reflete a importância do trabalho que o governo vem desenvolvendo tanto em nível nacional como internacional, no que diz respeito à gestão de riscos e desastres naturais. Podemos ter orgulho ao afirmar que o Estado é referência em estudos de prevenção e mitigação dos efeitos provocados pelas mudanças climáticas", afirma a secretária do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Ana Pellini.

As estações registram a quantidade, a intensidade e o tempo de duração das chuvas, além de mensurar o nível dos rios. Entre outras vantagens, o sistema também possibilita a redução do tempo de resposta para ações da Defesa Civil em casos de enchentes e auxilia os produtores rurais no planejamento de atividades agrícolas.

Fonte : Valor