.........

Mais tecnologia no campo

.........

Foto: Paulo Henrique Carvalho/MDA

MDA, Abimaq e Anfir firmam acordo de cooperação técnica

O ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Patrus Ananias, firmou, nesta terça-feira (18), acordos de cooperação técnica com as associações Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) e Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodofiários (Anfir). As assinaturas ocorreram na sede da Abimaq, em São Paulo (SP).

Segundo o ministro, os acordos são importantes, pois as entidades representativas do setor industrial atuam como parceiras no Programa Mais Alimentos – linha do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar destinada à aquisição de equipamentos e implementos agrícolas. “Estamos somando esforços, e isso é essencial. Ninguém faz nada sozinho, nem na vida e nem em prol do bem coletivo”, afirmou Patrus.

O ministro salientou que o ajuste fiscal não afetou a oferta de crédito rural, que cresceu 20% em relação ao último ano safra (de R$ 24,1 bilhões em 2014/2015 para R$ 28,9 bilhões em 2015/2016) e que esse fator também não afetará o acesso dos produtores ao Mais Alimentos.

“A agricultura no Brasil está se expandindo. Estamos buscando ações integradas com os governos estaduais e com as prefeituras, além de manter também uma relação de permanente diálogo com os movimentos sociais. Mesmo com o ajuste, estamos consolidando a agricultura familiar como produtora de alimentos saudáveis”, destacou.

O coordenador do Programa Mais Alimentos, Lucas Ramalho, também assinou os acordos e explicou como os agricultores podem fazer para adquirir os equipamentos que desejam para aumentar a produtividade da terra. “O primeiro passo é ter uma Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP). Logo após, é só procurar uma empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural, montar o projeto e levá-lo à instituição financeira”, disse.

Parcerias

João Carlos Marchesan, vice-presidente da Abimaq, lembrou que a entidade é parceira do MDA desde o início do Programa Mais Alimentos, em 2008. Ele ressaltou que o programa é fundamental para a manutenção do agricultor familiar no campo e na oferta de empregos nas zonas urbanas. “É um ciclo. O agricultor familiar aumenta sua renda, adquire o equipamento e gera, diretamente, emprego no campo. O consumo é em cima da renda que ele tem e o aumento do acesso ao programa é um reflexo do aumento da renda no campo”, apontou.

Já a Anfir está entrando como parceira do Programa Mais Alimentos agora, em 2015, mas sempre apoiou as ações da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2 Equipamentos). “Temos, um parceiro muito grande, no MDA. O investimento do MDA no PAC 2 deu uma virada no nosso ano, revertendo nosso quadro para uma posição positiva”, concluiu o presidente da associação, Alcides Braga.

Ascom/MDA

João Paulo Biage

Fonte : MDA