Mais prazo à alíquota do trigo

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) decidiu ontem prorrogar o prazo para a importação de 2 milhões de toneladas de trigo com alíquota zerada. A autorização, que valeria até 31 de julho, vigorará até 31 de agosto. A desoneração visa a evitar o desabastecimento do produto e conter a elevação do preço da farinha no Brasil. Os importadores interessados em trazer o produto com alíquota zero devem completar trâmites até 1 de agosto.

Do contrário, a cota com o benefício será redistribuída a outros importadores. Segundo a assessoria de comunicação do ministério, a medida visa a garantir que o trigo subsidiado chegue ao Brasil. A alíquota normal para o produto é 10%. Por questões climáticas, houve quebra de safra no Brasil e nos principais fornecedores de trigo, como Argentina. Por isso, o governo decidiu desonerar a importação.

Fonte: Correio do Povo