Laços mais fortes

Foto: Mario Josué Graterol Marín

Após dois dias de agenda intensa na Venezuela, o ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, retorna ao Brasil com a mala repleta de boas notícias. Durante a visita, Ananias apresentou as políticas públicas brasileiras que são destaque na promoção da agricultura familiar e da segurança alimentar no Brasil – todas muito apreciadas pelas autoridades venezuelanas. “Compartilhamos experiências exitosas do governo brasileiro e já assinamos uma carta de intenções que deve fortalecer a cooperação entre os dois países”, afirmou o ministro.

De acordo com Patrus, a experiência brasileira com sementes crioulas é uma das ações que devem servir de modelo para o país sul-americano. “Definimos parcerias em pontos objetivos. Um deles é compartilhar políticas públicas voltadas para o tema, como a modalidade de aquisição de sementes do Programa de Aquisição de Alimentos”.

As sementes crioulas são aquelas produzidas, melhoradas e conservadas pelas famílias de agricultores ao longo de gerações. São mais adaptadas às condições de água e solo da região de cultivo e às práticas de manejo culturais e preferências das famílias.

O ministro também retorna ao Brasil com a incumbência de reunir sua equipe para analisar projetos e acordos de cooperação existentes com a Venezuela. O objetivo é aproximar ainda mais os dois países em prol de um objetivo comum: o de contribuir para a segurança alimentar de toda a América Latina e Caribe.

“Teremos um novo encontro no final de setembro, na ocasião da Reunião Especializada Sobre Agricultura Familiar do Mercosul (REAF), que ocorrerá em Caracas. Será uma boa oportunidade para avaliarmos como outros programas do Governo Federal brasileiro, como o PAC e o Mais Alimentos, podem ser exportados para a Venezuela”, apontou.

Além da colaboração no âmbito da agricultura familiar e segurança alimentar, Patrus reforçou que a Venezuela é grande parceiro comercial, industrial, agrícola, político e diplomático para o Brasil. “Tivemos experiências instigantes aqui na Venezuela. Como professor universitário, me chama muito atenção o processo de participação social que está acontecendo no país. Além disso, a Venezuela tem uma cultura muito rica.  Voltamos ao nosso país com muita disposição para estreitar laços também nesse sentido”.

Agenda intensa

A experiência do Brasil no fortalecimento da agricultura familiar, na promoção da segurança alimentar e no combate à fome foi apresentada, na segunda-feira (24), por Patrus aos ministros de Agricultura e Terras do país, Iván Gil e ao vice-presidente para o Socialismo Territorial da Venezuela, Elías Jaua. Já nesta terça-feira (25), o ministro do MDA participou de audiência, com a presença do presidente da Venezuela Nicoláz Maduro.

O secretário de Agricultura Familiar (SAF/MDA), Onaur Ruano, e a chefe da Assessoria para Assuntos Internacionais e de Promoção Comercial (AIPC/MDA), Cristina Timponi, também participaram da agenda.

Ranyelle Andrade

Ascom/MDA

Fonte : MDA