.........

LANO AGRÍCOLA E PECUÁRIO – Famato participa de reunião da CNA para elaboração de propostas do PAP 2017-2018

.........

Assessoria de Comunicação CNA

A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) participou de uma reunião da Comissão Nacional de Política Agrícola da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) que  definiu a proposta da instituição  para o Plano Agrícola e Pecuário (PAP- 2017/2018). No encontro, que aconteceu em Brasília, foi elaborado um documento que será entregue ao Governo Federal até o final deste mês.

Segundo o presidente da Comissão José Mário Schreiner, a redução das taxas de juros para o custeio agrícola é a principal reivindicação dos produtores. Outras prioridades são os programas Agricultura de Baixo Carbono (ABC) e o de Construção e Ampliação de Armazéns (PCA).

A analista de Agricultura da Famato, Karine Machado, representou a Federação na reunião e reforça a importância do PCA para os produtores de Mato Grosso. “Nós temos um déficit de armazenagem muito grande no estado, sendo assim, de todas as linhas de investimentos, o PCA é a que mais necessitamos de redução nas taxas de juros”.

As elevadas taxas de juros inibem a adesão do produtor rural ao PCA. Por isso, a CNA vai propor a redução das taxas de juros agrícolas no PAP 2017/2018.  Segundo o presidente da Comissão, a redução é possível e necessária porque a inflação está em queda e há perspectiva de diminuir gradativamente a taxa Selic – taxa de juros básica da economia.

Outra proposta da CNA é que o seguro rural se “transforme no principal instrumento da política agrícola”.  A ideia é que em 2017 os recursos orçamentários destinados ao Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR) sejam de pelo menos R$ 1,2 bilhão.

Ascom Famato com informações da Assessoria de Comunicação CNA

Fonte:  Famato