.........

Lala diz que concluiu negociação para compra da Vigor

.........

A mexicana Lala Foods informou ontem ao mercado em seu país que concluiu o processo de negociações para a compra da Vigor Alimentos S.A., controlada pela J&F Investimentos. No comunicado, a maior empresa de lácteos do México informou que o negócio inclui a participação acionária da Vigor na Itambé Alimentos, mas não mencionou o valor da operação.

Como informou ontem o Valor, a Lala acertou a compra da Vigor por R$ 5,7 bilhões, valor que inclui dívidas. A Lala atribuiu o valor de R$ 5,7 bilhões por 100% da Vigor e também da Itambé, na qual a controlada da J&F tem participação de 50%. A outra metade da Itambé pertence à Cooperativa Central dos Produtores Rurais de Minas Gerais (CCPR).

No comunicado de ontem, a Lala informou que a proposta de compra da Vigor será apresentada para aprovação ao conselho de administração da companhia na quinta-feira. A J&F confirmou, por meio de sua assessoria, que está em "processo avançado de negociações com o Grupo Lala acerca da alienação da Vigor Alimentos S.A, incluindo sua participação acionária de 50% no capital da Itambé Alimentos S.A."

De acordo com a Lala, que é listada na bolsa do México, a transação está sujeita a "certas condições comuns", incluindo "a aprovação do conselho de administração e da assembleia de acionistas da Lala, autorizações governamentais, acordos de acionistas e outras condições contratuais inerentes".

O comunicado afirma ainda que a Lala obterá financiamentos e possíveis capitalizações para fazer a aquisição. Em teleconferência com analistas na semana passada, a empresa informou que poderia recorrer a emissão de ações para financiar eventuais aquisições.

A Lala destacou no documento que a Vigor é focada em produtos de valor agregado, como iogurtes e queijos, tem 7.600 empregados, 14 unidades de produção, 31 centros de distribuição e 67 mil pontos de venda no país. Já a Itambé tem em seu portfólio produtos como leite em pó, leite condensado, doce de leite, iogurte e leite longa vida. O faturamento consolidado da Vigor em 2016 foi de R$ 6 bilhões.

Com receita líquida de U$ 2,9 bilhões no ano passado, a Lala tem 22 fábricas, sendo 14 no México, cinco na América Central e três nos EUA. Produz itens como leite, manteiga, iogurtes, queijos, creme de leite, entre outros. Seu valor de mercado na bolsa ontem era de cerca de US$ 4,8 bilhões.

A Vigor é mais um dos ativos que a J&F pôs à venda após a divulgação da delação de seus controladores. Em busca de recursos depois de ver o crédito secar, a holding já vendeu a Alpargatas à Cambuhy investimentos e as operações de carne bovina no Mercosul para a Minerva Foods.

     

    Por Alda do Amaral Rocha | De São Paulo

    Fonte : Valor