Kepler Weber teve prejuízo de R$ 14,3 milhões no 1º tri

A brasileira Kepler Weber, fabricante de equipamentos para armazenagem e movimentação de granéis, reportou um prejuízo líquido de R$ 14,3 milhões no primeiro trimestre de 2015, ante resultado líquido positivo de R$ 23,8 milhões no mesmo período do ano passado. Pesaram sobre o desempenho a queda no faturamento e variações cambiais negativas, disse a companhia em nota que acompanhou o balanço, divulgado ontem.

A receita líquida totalizou R$ 107,9 milhões, um recuo de 37,7% em relação aos R$ 173,3 milhões do mesmo intervalo de 2014. A Kepler creditou essa redução à "adaptação ao novo sistema ERP [software de gestão] implantado nos primeiros dias de janeiro de 2015, provocando um represamento temporário nas entregas da companhia".

Ainda que considere a implantação "bastante satisfatória", e que as dificuldades iniciais tendem a ser "revertidas no decorrer do ano", os ajustes para adequação ao software no primeiro trimestre deixaram o faturamento aquém do potencial da carteira de pedidos, prejudicando os demais indicadores de rentabilidade e geração da caixa, avaliou a Kepler.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ficou negativo em R$ 11 milhões, ante Ebitda positivo de R$ 34,8 milhões no primeiro trimestre de 2014. Assim, a margem Ebitda ficou negativa em 10,2%, ante margem Ebitda positiva de 20,1% na mesma comparação.

Fonte: Valor | Por Mariana Caetano | De São Paulo