.........

Juro cai para 35,6% ao ano

.........

A taxa média de juros bancários cobrados pelas instituições financeiras em suas operações com pessoas físicas recuou em agosto pelo sexto mês consecutivo, passando para 35,6% ao ano. É o menor valor de toda a série histórica do Banco Central (BC), que tem início em julho de 1994. Em julho, a taxa estava em 36,2% ao ano.
Do mesmo modo, a taxa média de juros bancários de todas as operações com recursos livres (que não têm destinação específica, como crédito rural ou imobiliário), que inclui pessoas físicas e empresas, também registrou o menor valor de toda a série do BC, que, nesse caso, começa em junho de 2000. Em agosto, os juros médios de todas operações de crédito somaram 30,1% ao ano, ante 30,7% ao ano em julho. No caso da taxa média que os bancos cobram em suas operações com empresas, ainda segundo números do BC, o valor registrado em agosto, de 23,1% ao ano, é o menor desde julho de 2007 (23% ao ano). As reduções das taxas de juros praticadas pelos bancos começou a acontecer após o início do processo de corte dos juros básicos da economia (Selic), conduzido pelo Banco Central desde agosto do ano passado. Desde então, em nove reuniões seguidas do Copom, o BC reduziu os juros de 12,5% para 7,5% ao ano. Um corte de cinco pontos percentuais.
As instituições financeiras, por sua vez, reduziram os juros bancários de pessoas físicas em 10,6 pontos percentuais desde agosto de 2011, e a taxa média geral (de todas as operações) recuou 9,6 pontos percentuais neste período. Em ambos os casos, os juros bancários caíram mais do que a Selic.

Fonte : Correio do Povo