Jovem agricultor realiza sonho de escrever livro

 

Estudante mora em um assentamento e aproveitava suas noites e madrugadas para se dedicar à literatura

jovem_escritor_lavoura (Foto: Divulgação/Emater)

Diego, o jovem autor, nas lavouras de sua família  (Foto: Divulgação/Emater)

Entre o trabalho na lavoura e os estudos, Diego Clemente, um jovem filho de agricultores familiares do Norte de Minas, realizou um desejo nada fácil: escrever um livro. O “Mistério do Pai Virgem”é sobre um adolescente que quer conhecer o pai.

Sem experiência, Diego buscou ajuda para publicar a história. E ele não precisou ir muito longe. O apoio veio da Emater-MG, órgão que presta assistência técnica na propriedade da família. A empresa apostou na ideia e ajudou o jovem autor a publicar o seu primeiro livro. O lançamento emBelo Horizonte será na próxima quinta-feira (3/12), na sede da Emater-MG.

O jovem escritor de apenas 20 anos leva uma vida simples no Assentamento Novo, no município Jaíba. Seus pais são separados. Ele mora com a mãe e mais dois irmãos. A família se dedica à produção, principalmente, de feijão, limão e melancia. E foi durante o trabalho na lavoura que surgiu a história do livro.

“Meu irmão e eu tramávamos um título para um livro, que deveria ser o mais curioso e interrogativo possível. Horas discutindo e achamos que seria legal: O Mistério do Pai Virgem. E estava lançado o meu desafio. Meu irmão, Paulo, aguardou ansiosamente o resultado daquela ideia”, diz Diego.

Fã de autores como Pedro Bandeira, John Green e Maurício de Souza, Diego não perdeu tempo. Ele, então com 16 anos, organizou-se e dividiu seu tempo entre a lavoura, os estudos e a sua história. Escrevia à noite e de madrugada. “Era um daqueles sonhos de infância. Lembro-me que aos nove anos escrevi num caderninho alguns contos e dei de presente à minha professora de português. Criava poesias e fazia quadrinhos apenas de brincadeira para mostrar aos meus irmãos. Sempre quis tornar o mundo mais feliz com a literatura”, afirma o jovem escritor.

diego_literatura_escritor (Foto: Divulgação/Emater)O jovem escritor e sua obra (Foto: Divulgação/Emater)

O “Mistério do Pai Virgem” é a história de Juan, filho único e que mora com a mãe. Ele não conhecia seu pai. Quando sua mãe é presa, Juan é adotado pelos tios. Com o tempo, o desejo de encontrar seu pai cresceu. A partir daí, ele decide partir secretamente numa busca para descobrir o paradeiro de seu pai. “Eu quis demonstrar aimportância da família e das pessoas próximas, que nos acolhem e nos dão amor”, diz.

Depois de o livro pronto, faltava publicar. Diego não sabia exatamente como fazer isso. Entre uma conversa com um e outro, ele mostrou a sua história para as extensionistas da Emater-MG Nelcília Maria Gonçalves e Maria Adelci. “É uma história que prende a atenção, desperta a curiosidade. Quando iniciamos a leitura, não temos mais vontade de parar. É uma história para várias idades”, conta Nelcília Gonçalves.

“O Diego é diferente, especial e determinado. É um exemplo na sua  escola e na comunidade. Confesso que levei um susto quando ele disse que queria publicar um livro, mas não medimos esforços para ajudá-lo”, diz Maria Adelci.

Foram elas que levaram Diego até uma editora, em Montes Claros. O livro foi editado com recursos da própria família, que chegou a fazer um financiamento pelo Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). No total foram impressos 200 exemplares e, segundo o o autor, 90% dos livros foram vendidos. Agora, o jovem autor de livros do campo já tem um novo projeto, uma história em quadrinhos.

O lançamento do livro “O Mistério do Pai Virgem” pelo escritor Diego Clemente, em Belo Horizonte, será no dia 3 de dezembro. A sessão de autógrafos será na sede da Emater-MG, a partir das 11 horas, como parte das atividades de comemoração dos 67 anos da Empresa. O endereço é Avenida Raja Gabaglia, 1626, bairro Gutierrez.

POR REDAÇÃO GLOBO RURAL

Fonte : Globo Rural