.........

Iguaçu faz oferta para aquisição de ações

.........

A Cia Iguaçu de Café Solúvel, controlada pela japonesa Marubeni, realizou ontem oferta pública para a aquisição (OPA) da totalidade das ações ordinárias, das ações preferenciais classe A e das preferenciais classe B de emissão da empresa com vistas ao cancelamento do registro de companhia aberta. Foram adquiridas 10.029.558 ações ao preço unitário de R$ 8,34, totalizando um volume financeiro de R$ 83,646 milhões, segundo a BM&FBovespa.

Na semana passada, a Iguaçu atualizou o preço da oferta pública de ações, elevado para R$ 8,34, ante os R$ 7,99 informados em abril deste ano. A empresa não se pronunciou sobre a operação.

No primeiro trimestre deste ano, a Cia Iguaçu registrou receita líquida de vendas de R$ 107,502 milhões e lucro no período de R$ 2,057 milhões. No resultado anual (de abril de 2013 a março de 2014), a receita líquida de vendas totalizou R$ 509,964 milhões e o prejuízo do período foi de R$ 29,488 milhões. O valor de mercado da Cia Iguaçu é de cerca de R$ 234 milhões.

Com sede em Cornélio Procópio (PR), a Iguaçu é considerada a terceira maior empresa de café solúvel do Brasil, atrás da Nestlé e da Companhia Cacique de Café Solúvel, dona da marca Café Pelé, que em julho deste ano também anunciou intenção de fechar seu capital na bolsa.

Em março do ano passado, a empresa, que tem forte atuação nas exportações de café, informou por meio de comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que tinha finalizado investigações sobre irregularidades identificadas envolvendo sua controlada Exportadora e Importadora Marubeni Colorado, após estudo feito pela empresa independente Kroll Advisory Solutions.

De acordo com as conclusões da investigação, não foram apuradas perdas ou outros efeitos econômicos ou contábeis adicionais aos já refletidos nas demonstrações financeiras consolidadas da companhia de 2011. No período, foi apurado prejuízo total de R$ 324 milhões, sendo que R$ 252 milhões constam do resultado financeiro de 2011 e R$ 72 milhões do de 2012.

Ainda no comunicado divulgado à época, a administração da Iguaçu afirmou que os colaboradores da Marubeni considerados diretamente responsáveis pelas irregularidades foram desligados ou afastados de seus cargos e que já existiam litígios contra terceiros envolvidos nas irregularidades.

Conforme a Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel (Abics), o faturamento do mercado de solúvel do país foi de R$ 530 milhões em 2013, 17,8% maior que em 2012. Esse crescimento refletiu maiores preços do produto, já que o consumo doméstico segue estagnado e representa cerca de 5% do volume total de café consumido no país.

© 2000 – 2014. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3691106/iguacu-faz-oferta-para-aquisicao-de-acoes#ixzz3D1AUQr9l

Fonte: Valor | Por Carine Ferreira | De São Paulo