.........

Heringer no vermelho no 1º trimestre

.........

A Fertilizantes Heringer, uma das maiores empresas do segmento de adubos no país, encerrou o primeiro trimestre deste ano com prejuízo líquido de R$ 142,9 milhões, ante o lucro líquido de R$ 32,1 milhões registrado no mesmo intervalo do ano passado, informou a companhia em balanço divulgado ontem.

Ainda que a expressiva desvalorização de 21% do real em relação ao dólar tenha trazido impactos negativos ao resultado da Heringer, a empresa reportou ganhos de R$ 219,4 milhões com hedge no primeiro trimestre.

A receita líquida da empresa somou R$ 1,34 bilhão de janeiro a março, um incremento de 12,1% na comparação com o primeiro trimestre do ano passado. Em igual comparação, o volume de fertilizantes entregue pela Heringer aumentou 2,5%, para cerca de 1,1 milhão de toneladas.

Nessa frente, o destaque ficou por conta da recuperação das entregas para a cultura da cana-de-açúcar, que aumentaram 32,6% sobre o primeiro trimestre de 2014 e atingiram 171,6 mil toneladas. Já as entregas de produtos especiais alcançaram 402 mil toneladas, 2% mais que nos primeiros três meses do ano passado. A participação de mercado da Heringer avançou de 18,1% para 19,9% na mesma comparação.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ficou em R$ 27,5 milhões, 58,6% inferior aos R$ 66,4 milhões do primeiro trimestre do ano passado.

Fonte: Valor | Por Mariana Caetano | De São Paulo