.........

Granizo atinge lavouras de tabaco

.........

A chuva do último fim de semana veio acompanhada de granizo no Vale do Rio Pardo, com prejuízos nas lavouras de tabaco. A Afubra recebeu 84 comunicados até ontem. O maior número ocorreu na região de Santa Cruz do Sul, com 27, seguido da de Sobradinho, com 21. Também houve danos em Cachoeira do Sul, Venâncio Aires, São Lourenço do Sul e Camaquã. Os técnicos começam a fazer hoje o levantamento dos prejuízos.
Com a primeira incidência de granizo que ocorreu no dia 9 de setembro, o número de lavouras com danos nesta safra nos três estados do Sul do país agora totaliza 524. No ano passado, no mesmo período, os temporais haviam causado problemas em 1.270 lavouras. O gerente técnico da Afubra, Iraldo Backes, afirma que as ocorrências no final de semana foram bastante isoladas e, em muitos casos, a causa dos danos nas folhas pode ser até consequência do ventos.
A previsão de mais chuvas para os próximos dias traz preocupação entre os produtores. O excesso ocasiona lixiviação, com lavagem do adubo no solo, o que aumenta o custo da produção devido à necessidade de repor o produto. Backes afirma que as lavouras têm excelente aparência pelas boas condições climáticas. Em SC e no PR, o transplante das mudas tem atraso de 30 dias por causa da falta de chuva.

Fonte: Correio do Povo