.........

Governo Federal entrega carros, notebooks e lança Plano Safra da Agricultura Familiar em SC

.........

O Governo Federal, por meio da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), realiza duas ações em Santa Catarina em prol da agricultura familiar nos próximos dias. Nesta terça-feira (15), houve entrega de veículos e notebooks, adquiridos com recursos da Secretaria, que serão destinados aos trabalhos de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) no estado. Já na sexta-feira (17), haverá o lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar, promovido pela Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário de Santa Catarina (DFDA-SC).

A delegada substituta do DFDA-SC, Keiliane Miranda de Freitas, participou, representando a Sead, da solenidade de entrega dos equipamentos. Foram 73 veículos e 66 notebooks destinados à Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Cataria (Epagri). “Estou muito feliz por participar desse momento que valoriza o serviço de Ater”, afirma Keliane, ressaltando que esse é um compromisso da Sead: resgatar e valorizar, cada vez mais, a Ater pública. “Nós sabemos da importância da assistência técnica e da extensão rural para os agricultores e o quanto a atividade já ampliou o acesso às outras políticas públicas da Sead, além de fortalecer e melhorar a produção da do setor”, ressalta a delegada.

Plano Safra

O Plano Safra da Agricultura Familiar 2017/2020 foi lançado nacionalmente no final de maio. A medida reafirma o compromisso do Governo Federal na ampliação da produção de alimentos e na garantia de crédito mais barato para aqueles que produzem a comida que chega às mesas das famílias brasileiras. Leia mais aqui.

A Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário de SC irá apresentar as condições do Plano para os representantes do setor no estado, durante a AgroPonte – 7ª Feira do Agronegócio e Agricultura Familiar.

Santa Catarina é um estado onde a atividade é pujante. Segundo o último Censo Agropecuário, 87% dos estabelecimentos rurais são de agricultores familiares. Eles detêm quase 170 mil estabelecimentos agropecuários, o que corresponde a 87% do total. O número de pessoas ocupadas pela atividade no meio rural também é significativo, 82%. São vários os produtos oriundos da agricultura familiar que se destacam, a exemplo da mandioca, que corresponde a 93% da produção estadual. Cabe também mencionar culturas como o café, 90%, e o leite, também com a representatividade de 87% da produção.

Valéria Araújo
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário
Assessoria de Comunicação

Fonte : MDA