Governo Federal amplia ações de preservação ambiental na Amazônia Legal

Foto: Naiara Pontes/ MDA

A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, e o presidente do Incra, Carlos Guedes, participam, nesta quinta (18), em Brasiléia, no Acre, de uma série de atividades que envolvem a agenda ambiental naquela região, que faz fronteira com a Bolívia. O secretário Extraordinário de Regularização Fundiária na Amazônia Legal do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Sérgio Lopes, e representantes do governo estadual também integram a comitiva. Eles serão recebidos para uma reunião de trabalho com assentados do Projeto de Desenvolvimento Sustentável Porto Carlos.
Na ocasião serão assinados novos contratos de adesão ao programa Bolsa Verde para as famílias assentadas do PDS Porto Carlos. O benefício permite o desenvolvimento de atividades produtivas sustentáveis nos assentamentos e ainda auxilia a recuperação ambiental das áreas já degradadas.
Também serão assinados contratos de assistência técnica entre o Incra e Emater-AC, o que vai beneficiar assentados dos municípios de Brasiléia, Epitaciolândia e Capixaba.
Casa de Farinha
Ainda no ato será entregue à comunidade uma agroindústria de beneficiamento e processamento da mandioca, uma das principais atividades produtivas do assentamento, financiado com recursos do programa Terra Sol, do Incra.
Balanço
O presidente do Incra fará um balanço do Programa Assentamentos Verdes que tem como principais eixos a produção sustentável em assentamentos da Amazônia legal e a recuperação de áreas degradadas em projetos de assentamentos.
Projeto de Desenvolvimento Sustentável Porto Carlos
Criado em 2009, o Projeto de Desenvolvimento Sustentável Porto Carlos, tem uma área superior a 3,3 mil hectares, onde são desenvolvidas atividades como piscicultura, criação de aves, produção de banana, mandioca, café e culturas anuais para segurança alimentar. Ele está a 70 quilômetros de Brasiléia e próximo a outros importantes centros consumidores como Assis Brasil, Epitaciolândia e Xapuri (Brasil), Cobija (Bolívia) e Inapari e Puerto Maldonado (Peru).
As famílias do PDS Porto Carlos participam de um programa de recuperação ambiental de cerca 100 hectares, que já está sendo implantado lote a lote em sistema de Sistema Agroflorestal (SAF). Para isso, o Incra disponibilizou 65 mil mudas de árvores nativas, frutíferas e pés de café.
Serviço
Visita do presidente do Incra, Carlos Guedes, e da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, ao Projeto de Desenvolvimento Sustentável Porto Carlos
Data: 18 de setembro (quinta-feira)
Horário: 10h
Local: Projeto de Desenvolvimento Sustentável Porto Carlos – Brasiléia (AC)

Mateus Zimmermann
Ascom/ MDA

– See more at: http://www.mda.gov.br/sitemda/noticias/governo-federal-amplia-a%C3%A7%C3%B5es-de-preserva%C3%A7%C3%A3o-ambiental-na-amaz%C3%B4nia-legal#sthash.4rR9yZW8.dpuf

 

Fonte: MDA

Enviado por Mariana em qua, 09/17/2014 – 19:22