.........

Gisele Loeblein: um técnico com bom trânsito

.........

Tarcísio Minetto é confirmado para a pasta do Desenvolvimento Rural e Cooperativismo do Estado

18/12/2014 | 22h08

Quem passou pelos caminhos do agronegócio gaúcho nos últimos 30 anos, já deve ter cruzado, em algum momento, com o economista Tarcísio Minetto, nome confirmado nesta quinta-feira para a pasta do Desenvolvimento Rural e Cooperativismo do Estado na cota destinada ao PSB. Pós-graduado e com especialização em Economia Agrícola e Estudos de Custos de Produção e Rentabilidade em Lavouras, ele não é só uma referência técnica.

Depois de passar por Fecotrigo e Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado (Fecoagro-RS), Minetto acumula ao longo de todos os anos de atuação no setor, além da experiência, a facilidade de circular entre diferentes públicos. Tornou-se também político ao ter de lidar com as negociações inerentes à função desempenhada.

– Tem trânsito, credibilidade, é um bom técnico. Isso o credencia para o cargo – avalia Rui Polidoro, ex-presidente da Fecoagro, que trabalhou com Minetto por mais de 20 anos.

Atual comandante da Fecoagro, Paulo Pires vai no mesmo tom. Além do conhecimento "profundo da agricultura" e bom relacionamento, avalia que Minetto conseguirá contribuir para o fortalecimento da secretaria. E completa:

– Acho que vai haver um entrosamento muito bom com a pasta da Agricultura.

Ernani Polo (PP), que será o titular da Secretaria da Agricultura, concorda que ambos têm um diálogo aberto.

Acostumado ao cálculo das planilhas que, safra a safra, indicam custos e rendimento das lavouras de inverno e verão no Estado, Minetto se vê agora com os desafios da nova função. Entre as prioridades, cita:

– Valorizar todas cooperativas e trabalhar com a agricultura familiar na melhoria de renda.

Fonte: Zero Hora