.........

Funrural: Câmara aprova emenda e conclui votação de projeto sobre passivo

.........

Segundo Alfonsin, o desafio agora é o Senado votar em regime de urgência para que possa ser encaminhado à sanção presidencial o quanto antes.

A contribuição do produtor rural pessoa física passa de 2% para 1,2% da receita bruta. No caso das empresas rurais, a nova alíquota será de 1,7% no lugar dos 2,5% devidos atualmente. As novas alíquotas valerão a partir de 1º de janeiro de 2018, segundo o substitutivo.

A votação das emendas ao projeto de lei que trata do Funrural foi concluída no plenário da Câmara nesta terça, dia 12. O texto segue agora para análise no Senado, mas com um prazo curto para que chegue ao presidente Michel Temer ainda neste ano de 2017.

O projeto incorpora texto da Medida Provisória 793/17, que perdeu a vigência. Segundo o substitutivo da deputada Tereza Cristina (sem partido-MS), a contribuição do produtor rural pessoa física passa de 2% para 1,2% da receita bruta. No caso das empresas rurais, a nova alíquota será de 1,7% no lugar dos 2,5% devidos atualmente. As novas alíquotas valerão a partir de 1º de janeiro de 2018.

Dr. Ricardo Alfonsin, em entrevista ao Rural Notícias, dentro deste texto, entrou temas como o endividamento do Nordeste, parte de Minas Gerais e Espírito Santo, que enfrentaram problemas climáticos entre 2010 e 2016. “Essas regiões entraram em uma prorrogação que passou de dezembro de 2017 para dezembro de 2018. Assim, também, a securitização que tinha um prazo para descontos a se encerrar neste ano e que foi passado também para 2018”, disse no vídeo abaixo.

Fonte: Canal Rural

O advogado Ricardo Alfonsin, especialista em questões envolvendo dívidas agrícolas, semanalmente, grava um comentário exclusivo para os internautas do portal CanalRural. Em vídeo, o especialista traduz e analisa temas pertinentes ao mundo do agronegócio, auxiliando o produtor rural, esclarecendo dúvidas jurídicas dos telespectadores e internautas e respondendo perguntas sobre Plano Collor, dívidas bancárias, Código Florestal, Funrural e outros.