.........

Fiscalização a aditivos sob risco

.........

O país ainda não tem laboratório oficial para fiscalizar o veto a alguns aditivos ao tabaco, recém-decidido pela diretoria da Anvisa. O diretor da Anvisa, José Álvares, acredita que, em 18 meses, prazo para a indústria se adaptar, a questão estará resolvida. Mas há oito anos a construção de um laboratório oficial foi prevista e não saiu do papel.

Fonte:  Correio do Povo