.........

Farsul pede ao governo novo prazo para emissão de NF-e

.........

Durante a Expodireto, a Farsul, por meio do seu diretor administrativo, Francisco Schardong, solicitou ao governador do RS, José Ivo Sartori, o adiamento da obrigatoriedade da nota fiscal eletrônica (NF-e) para o produtor rural. A medida está prevista para entrar em vigor a partir do dia 1º de abril para produtores do Sistema Integrado e nas saídas de lavouras temporárias. Conforme o dirigente, a falta de conexão com a internet e a inconstância do sinal fora das cidades impossibilitariam ao produtor rural comercializar o seu produto, que precisa ser transportado da propriedade rural já com a nota emitida.

O governador foi receptivo à preocupação da Federação. Os alertas com relação aos prejuízos ao produtor e ao Estado se a obrigatoriedade for mantida dentro do cronograma previsto serão levadas ao conhecimento dos outros órgãos de governo que lidam com o tema. A implantação da nota fiscal eletrônica em substituição ao talão do produtor já foi adiada uma vez, a pedido da Farsul.

A substituição gradativa do talão de produtor segue um cronograma que começou em junho de 2013, com a obrigatoriedade da emissão para o produtor rural nas operações interestaduais com arroz em casca. O prazo final estabelece para janeiro de 2019 que todas as operações efetuadas por produtores ou microprodutores rurais.

Fonte: Imprensa Sistema Farsul