FAEA é homenageada pelos 61 anos de sua fundação na ALE-AM

 

Manaus / Amazônia (03 de dezembro de 2015) – A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas (FAEA) recebeu uma homenagem na terça-feira (1º) na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), pela passagem dos 61 anos de sua fundação. Proposta pela deputada estadual Alessandra Campelo (PC do B), a sessão especial pontificou a importância do setor primário para o desenvolvimento econômico do Amazonas, lembrando que cada vez mais atenção deve ser dispensada ao produtor rural do Estado.

“Não poderia me furtar a propor uma sessão especial em Homenagem à FAEA e o farei todos os anos em que estiver nessa casa”, afirmou a deputada Alessandra Campelo. “Tive uma convivência quando estava na Sepror e percebi a importância da FAEA e do setor primário para o Estado. Aqui no Amazonas, precisamos aproveitar a terra, não desmatar, desenvolver e escoar a produção. É difícil para quem é de fora entender”, disse, ao ressaltar a necessidade de um olhar especial do governo federal para o Amazonas por conta da sazonalidade. “A igualdade só pode existir quando se respeita a diferenças. Muitas vezes é com sacrifício da produção rural, do setor primário, que mantemos essa floresta de pé. E esse custo deve ser pago também pelo País”, afirmou.

Alessandra Campelo parabenizou a atuação de Muni Lourenço frente à presidência da FAEA e anunciou a entrega de uma placa comemorativa pelas inúmeras contribuições da entidade para a agricultura e pecuária do Amazonas. A placa foi entregue ao presidente Muni Lourenço pelo secretário de Estado da Produção Rural, Sidney Leite.

Em seguida, foi realizada a entrega de diplomas de honra ao mérito ao secretário Sidney Leite, ao presidente da FAEA, Muni Lourenço; ao vice-presidente da entidade, José Azevedo, dentre outras personalidades de destaque do setor agropecuário amazonense.

Em seu discurso de agradecimento, o presidente da FAEA, Muni Lourenço, fez questão de lembrar o agricultor e pecuarista amazonense. “Quem está sendo homenageado é o produtor rural do nosso Estado”, disse. “Temos a impressão, com a devida humildade, que a FAEA vem contribuindo para a mobilização dos produtores rurais do nosso Estado. O momento especial e honrosos de hoje nos impôs com alegria a olhar para a história da legítima entidade de representação os produtores amazonenses”, afirmou.

Muni Lourenço lembrou também Eurípedes Ferreira Lins, fundador da FAEA. “Foi um líder ruralista reconhecido além fronteiras do amazonas, que dedicou toda sua existência à causa do setor primário e a quem tive a honra de suceder”, declarou. “Ao completar 61 anos, nossa entidade tem muitos motivos para se orgulhar do passado”, concluiu.

Representando o governador do Estado, o secretário Sidney Leite, parabenizou a FAEA pela passagem de 61 anos da FAEA e exaltou os “homens que lutam diariamente no interior do Estado e teimam em ser produtores rurais”. Elogiou também a administração da entidade. “Muni Lourenço é a maior liderança que nós temos hoje no setor do agronegócio amazonense por sua competência e dinamismo”, declarou.

Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas – FAEA

Fonte : Canal do Produtor