Extensão Rural no RS

Fonte:  Fetrafsul

Qui, 20 de Outubro de 2011 09:35 Tangriany Pompermayer Coelho

Presidente da Assembleia Legislativa apoia Ação Popular em defesa da Extensão Rural do RS. O presidente da Assembleia Legislativa do RS, deputado Adão Villaverde (PT), assinou procuração em apoio à Ação Popular em defesa da Extensão Rural do RS.

A meta é receber a adesão mínima de 50 deputados, entre eles, Altemir Tortelli (PT), representando a população gaúcha. A Ação Popular será protocolada na próxima semana, no TRF da 4ª Região, em Porto Alegre. O superintendente geral da Ascar, Lino De David, acompanhou a assinatura.
Para Villaverde, a Ação Popular “é fundamental, porque, com a vitória desse movimento, podemos qualificar e preparar ainda mais as importantes funções públicas que a Instituição desenvolve no Estado”.
FILANTROPIA
De David explicou que o problema iniciou em 1992, quando a Ascar perdeu o direito de isenção do pagamento da contribuição previdenciária, condição exigida para o órgão manter a Certificação de Entidade Beneficente de Assistência Social. “Foi um ato arbitrário, que desrespeitou normas administrativas e gerou um passivo que consideramos injusto, pois não somos uma empresa que gera lucro, mas serviços para a sociedade”, diz. Ele afirma que as contas da Ascar estão equilibradas no sentido de não gerar novos passivos, mas cita, como contraponto às dívidas, as 300 novas contratações, sendo 100 delas de reposição no quadro funcional. Para ele, “o sucesso da Ascar é o sucesso da agricultura familiar e dos demais públicos, como indígenas, quilombolas, assentados da reforma agrária e pescadores artesanais. É esse o público que merece um serviço cada vez mais qualificado de assistência técnica pública”, salienta.
AUDIÊNCIA PÚBLICA
No dia 28 de setembro, em Audiência Pública que reuniu mais de 70 pessoas no Parlamento, os deputados estaduais assumiram o compromisso de restabelecer a filantropia da Ascar. A Ação Popular envolve representantes de entidades parceiras e autoridades municipais, estaduais e federais. Entidades como o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Incra, Secretarias Estaduais de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR) e da Agricultura, Pecuária e Agronegócio (Seapa), Conselho Nacional Alimentar e Nutricional (Consea) e Federação das Cooperativas Agropecuárias do RS (Fecoagro) foram representadas, assim como da Associação dos Servidores da Ascar/Emater (Asae) e dos Sindicatos Semapi, Senge e Sintargs
Fonte:
Assessorias de Comunicação das Presidências da Emater/RS e da AL
Jornalistas Adriane Bertoglio Rodrigues e Mariela Carneiro