.........

Exportação de carne do Paraguai dispara

.........

As exportações de carne bovina do Paraguai aumentaram 50% no primeiro semestre, impulsionadas pela abertura de novos mercados, como Israel, Chile e Geórgia. O país sul-americano, que está entre os dez maiores exportadores do mundo, vendeu ao exterior US$ 563 milhões em carne e derivados no período, ante US$ 375 milhões de janeiro a junho de 2012, conforme o centro de estudos Cadep com base em informações do Banco Central paraguaio. O relatório não informa o volume físico das exportações.

A Rússia segue a absorver a maior parte dos embarques. Na primeira metade do ano, as compras russas representaram 54% das vendas paraguaias. Há um ano, porém, a participação era de 76%. As exportações para o Brasil também perderam espaço: a fatia do país encolheu de 12% para 8% na comparação.

O salto no semestre se deu em mercados que estavam interditados para a carne do país. As exportações para Israel representam 9% do total, e as vendas de carne refrigerada para o Chile, mercado que habilitou as exportações com origem paraguaia em junho, já corresponderam a 4% do total no ano.

© 2000 – 2013. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3216868/exportacao-de-carne-do-paraguai-dispara#ixzz2acuqMPut

Fonte: Valor | Por Cesar Felício | De Buenos Aires