.........

Exportação australiana de boi sob risco

.........

Fonte: Valor | Dow Jones Newswires, de Canberra

O ministro da Agricultura da Austrália, Joe Ludwig, suspendeu ontem as exportações de gado bovino vivo para 11 abatedouros na Indonésia. A medida foi tomada depois que reportagem de televisão mostrou animais sendo maltratados nessas empresas antes do abate.

As imagens provocaram condenação generalizada no país, por parte de legisladores, grupos defensores de bem-estar animal, sindicatos de trabalhadores e produtores de gado. Os nomes dos abatedouros não foram divulgados pelo ministro.

O episódio pode colocar em risco as exportações de animais vivos da Austrália para abate. A Meat & Livestock Australia (MLA) estima que esse mercado, que inclui principalmente bovinos e ovelhas, empregue 13 mil pessoas na área rural do país e movimente US$ 1,9 bilhão. No ano fiscal encerrado em 30 de junho de 2010, o país exportou 873,5 mil bovinos por US$ 744,9 milhões, de acordo com a MLA.

A Indonésia é o maior comprador de gado bovino vivo da Austrália. Adquiriu 520 mil animais em 2010 ou cerca de 60% das exportações totais.

Riwantoro, diretor de pecuária do Ministério da Agricultura da Indonésia, admitiu que "há fragilidades em alguns abatedouros, mas continuaremos a treiná-los sobre como tratar o gado".