Exportações remuneram melhor do que mercado interno

Após quatro meses de vantagem, mercado paulista spot está pagando 0,84% menos do que vendas externas

por Globo Rural On-line

Editora Globo

Custos de frete e alta do dólar aumentaram as vantagens na remuneração das exportações de açúcar em relação à venda no mercado paulista spot

Após quatro meses de vantagem, o mercado paulista spot está remunerando menos pelo açúcar do que as exportações, segundo balanço do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). A mudança deve-se ao reajuste nos custos de frete e elevação nos navios que, quando convertidos em dólar, tiveram quedas, o que influencia positivamente às exportações.
No período de 22 a 26 de julho, cálculos do Cepea mostram que as vendas externas do produto remuneraram 0,84% a mais que as vendas do mercado spot paulista. Enquanto a média semanal do Indicador Cepea/Esalq do cristal foi de R$ 43,98 por saca de 50 kg, as cotações do contrato Outubro/2013 na ICE Futures (Bolsa de Nova York) equivaleriam a um preço médio mais alto, de R$ 44,35 por saca. Para esse cálculo, foram considerados US$ 80,45 por tonelada de fobização e prêmio de qualidade de US$ 88,00 por tonelada.

(Com informações do Cepea)

Fonte: Globo Rural