.........

Exportações de frango têm queda de 21%

.........

Pressionada pela alta dos custos de produção e pela redução dos preços da carne de frango, a indústria avícola brasileira contou com a ajuda do câmbio para amenizar as perdas em junho, mês em que as exportações desabaram, confirmando um semestre pouco remunerador.

No mês passado, as exportações brasileiras de carne de frango renderam US$ 551,8 milhões, queda de 21,2% sobre o mesmo intervalo de 2011, conforme dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) compilados pela Ubabef, entidade que reúne os exportadores do país. No mesmo período, o volume embarcado pelo país diminui 7,2%, para 307,1 mil toneladas.

No acumulado do ano, as exportações recuaram 4,5% sobre o primeiro semestre do ano passado, para US$ 3,8 bilhões. Na mesma base de comparação, os embarques alcançaram 1,9 milhão de toneladas, alta de 3%. No ano, o preço médio em dólar caiu cerca de 15%, de acordo com o presidente da Ubabef, Francisco Turra. "Não tivemos uma remuneração adequada no semestre. Trabalhamos ora no vermelho, ou quase sem margem", afirmou.

Em meio às dificuldades, a valorização do dólar perante o real amenizou as perdas do setor, segundo Turra. Quando convertida em reais, as receitas com os embarques de carne de frango subiram 1,6% em junho e 9,4% no ano.

"Se você transformar as receitas em real, tivemos um pequeno ganho, mas que foi neutralizado pelo aumento do preços das commodities", explicou o presidente da Ubabef, destacando a alta de 40% do farelo de soja, insumo responsável por 16% dos custos de produção da carne de frango. (LHM)

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/empresas/2740696/exportacoes-de-frango-tem-queda-de-21#ixzz1zqcF4ghO

Fonte: Valor | Por De São Paulo