.........

Excedente de açúcar deve subir em 2012/13

.........

Em sua primeira projeção para a safra 2012/13, a Organização Internacional do Açúcar (ISO, na sigla em inglês) previu que o superávit global da commodity vai crescer 2,25%, para 5,9 milhões de toneladas.

O avanço virá principalmente do Brasil, que deve produzir, segundo a entidade, 4 milhões de toneladas de açúcar a mais no ano que vem – com impacto parcial na temporada mundial 2012/13, que começa em 1º de outubro deste ano e segue até 30 de setembro de 2013.

O mercado, no entanto, não parece ter reagido aos números da ISO, segundo Arnaldo Correa, diretor da Archer Consulting. Os futuros da commodity andaram de lado na sexta-feira na bolsa de Nova York, com o contrato de vencimento em outubro negociado a 19,78 centavos de dólar por libra-peso, alta de 3 pontos. "Acredito que o mercado já tenha absorvido a expectativa de mais um superávit e que a mesma já esteja expressa nos preços atuais", avaliou Correa.

Assim, na avaliação da ISO, para alcançar uma produção de 38,1 milhões de toneladas de açúcar em 2013/14, o Brasil deve processar no ano que vem 605 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, 32 milhões de toneladas a mais do que no atual ciclo brasileiro, o 2012/13.

A produção mundial, segundo a entidade, vai crescer 3,9 milhões de toneladas, para um recorde de 177,4 milhões. Além do Brasil, também devem ampliar produção a China e a Austrália. No gigante asiático, onde a produção na atual safra já cresceu 10%, espera-se novo aumento em 2012/13, diante de preços atrativos da beterraba aos produtores e condições climáticas favoráveis. A ISO prevê produção de 13,60 milhões de toneladas, 8,6% de aumento.

Intempéries e incidência de doenças podem atrapalhar a safra da Tailândia que, segundo estimativa preliminar da ISO, deve recuar 3,8% em 2012/13 para 10,2 milhões de toneladas. Já para a Índia, a entidade prevê queda de 5,7% para 24,5 milhões de toneladas.

Diante disso, a ISO previu que o excedente exportável em 2012/13 deve subir 2,256 milhões de toneladas para 54,5 milhões de toneladas em 2012/13. Já a demanda por importação deve cair pela terceira safra consecutiva, nas previsões da ISO, para 48,337 milhões de toneladas, ante as 51,709 milhões de toneladas estimadas para o atual ciclo mundial, o 2011/12, que se encerra em setembro.

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/empresas/2814320/excedente-de-acucar-deve-subir-em-201213#ixzz25Phq7GZc

Fonte: Valor | Por Fabiana Batista | De São Paulo