.........

Especialista americana garante que “Água é um bem finito, mas se for bem usada e gerida, se torna inesgotável”

.........

Glenda Humiston, Ph.D em Ciência Ambiental, Política e Gestão / Crédito: Sarah Marquart
Brasília (17/08/2015) – A água é um bem finito, mas se for bem usada e gerida, se torna inesgotável. A afirmação é da norte-americana Glenda Humiston, Ph.D. da Universidade da Califórnia em Ciência Ambiental, Política e Gestão. Segundo a doutora, a única área em que a frase acima não é aplicada é em relação às águas subterrâneas da mineração, pois nestas ocasiões o recurso se esgota. “A utilização de águas antigas ou a extração excessiva de aquíferos, quando utilizadas de forma irracional, podem inibir permanentemente a sua capacidade de recarga”, observa uma das palestrantes do seminário “Uso sustentável da água na agricultura – Desafios e soluções”, evento realizado pela Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), no dia 18 de agosto.

Para evitar que crises assim ocorram principalmente no Brasil com os excessivos períodos de seca, ressalva Humiston, é preciso um bom planejamento de longo alcance para adequar corretamente essas situações. “O aumento da variação climática piorará cada vez mais a situação. Para ser um bom gerenciador é necessário garantir o abastecimento de água em todas as regiões. Porém, nas regiões pobres é especialmente difícil de implementar uma boa gestão”, comentou.

Em relação à gestão da água nos Estados Unidos, Glenda Humiston contou que o país investe bilhões de dólares no desenvolvimento de recursos de água para usos urbanos e agrícolas.  No entanto, acrescentou a doutora, a demanda crescente para a produção agrícola tem exigido maior atenção na administração dos recursos hídricos, de tal maneira que não se comprometa a produção de alimentos. “Nós temos algumas áreas com boa gestão da água e algumas com má gestão. O uso do recurso na agricultura é predominante na maioria das regiões. No entanto, dada à necessidade de um abastecimento alimentar seguro, é improvável que essa realidade mude. São necessários sistemas de apoio à produção agrícola sustentável”, finaliza.

Sobre o evento:
Data: 18/08/2015
Horário: 08:30 às 18:00.
Local: Auditório da sede da CNA, em Brasília (SGAN Quadra 601, Módulo K, Edifício Antônio Ernesto de Salvo).

Transmissão Ao Vivo: o evento também será transmitido no Canal do Produtor.

Assessoria de Comunicação CNA

Fonte : CNA