.........

ENTRAL DE COMUNICAÇÃO // CNA – Presidentes da CNA e do IBGE debatem Censo Agropecuário

.........

A cada dia que passa, a produção de forma sustentável vem ganhando mais espaço na sociedade. É pensando no bem estar das pessoas e na preservação do meio ambiente que o Seminário Regional de Agroecologia e Produção Orgânica inicia uma série de eventos, começando pela região Sul do país. Durante os dias 26 e 27 de abril, Porto Alegre (RS), recebe o primeiro seminário de cinco que acontecerão no Brasil em 2017.

Em Porto Alegre, o evento vai reunir instituições nacionais e locais dos três estados do Sul para falar sobre as políticas públicas do Governo Federal, como o Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica(Planapo) e a Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (Pnapo), além das ações desenvolvidas pelo Governo Estadual. O objetivo é juntar esforços e integrar essas ações para que elas sejam potencializadas.

Com o apoio da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) e demais instituições federais e locais, o seminário ainda vai percorrer o país com a temática da agroecologia e produção orgânica, que a cada dia está sendo mais reconhecida, no campo e na cidade, como um alternativa para produção sustentável e alimentação saudável.

O coordenador geral de agroecologia e produção sustentável da Sead, Marco Pavarino, ressalta que a agroecologia e os produtos orgânicos têm tido uma papel fundamental na vida dos agricultores familiares, que são responsáveis por grande parte dessa produção. Segundo ele, o orgânico e a agroecologia passaram a ser sinônimo de mais renda e qualidade de vida para os agricultores familiares. “Estamos com uma demanda cada vez maior por alimentos saudáveis, que respeitem tanto o meio ambiente como tenham uma boa relação de trabalho e de apropriação dos recursos naturais de forma sustentável”, afirma Pavarino. O coordenador ainda ressalta que o crescimento da demanda por esses produtos também tem aumentado a produção.

Entre as prioridades do seminário também estão apresentar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e suas relações com a agroecologia e produção orgânica; promover um intercâmbio entre os estados sobre ações, programas e políticas públicas de agroecologia e produção orgânica; colher experiências em agroecologia e produção orgânica no âmbito regional, além de fomentar compromissos entre estados e sociedade civil até 2020, para promoção da agroecologia e da produção orgânica.

Juliana Andrade 
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário
Assessoria de Comunicação

SDR/Divulgação

Fonte: MDA