.........

ENTRAL DE COMUNICAÇÃO // CNA – CNA pede apoio da FPA nas emendas para o orçamento 2018 do setor agropecuário

.........

Bruno Lucchi (ao centro) durante a reunião da FPA

Bruno Lucchi (ao centro) durante a reunião da FPA

Brasília (07/11/2017) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) entregou um ofício para a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) solicitando apoio nas emendas para a ampliação dos recursos destinados à agropecuária no Orçamento Geral da União (OGU) de 2018.

O documento foi repassado ao presidente da FPA, Nilson Leitão, pelo Superintendente Técnico da CNA, Bruno Lucchi, nesta terça-feira (07).

Os valores anunciados para o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (ZARC), para o Programa de Subvenção ao Prêmio de Seguro Rural (PSR) e para a garantia e sustentação de preços na comercialização de produtos agropecuários são os que mais preocupam a CNA. Na comparação com 2017, houve uma queda de 20,4% no orçamento, que passou de R$ 35,8 bilhões para R$ 29,7 bilhões.

O pedido encaminhado é de R$ 1,7 bilhão para a garantia e sustentação de preços na comercialização de produtos agropecuários, de R$ 1,2 bilhão para o PSR e de R$ 3,5 milhões para o ZARC.

Segundo o ofício, assinado pelo presidente da presidente da Comissão Nacional de Política Agrícola da CNA, José Mário Schreiner, esses instrumentos de política agrícola afetam sobremaneira o desempenho da atividade agropecuária, pois são mecanismos mitigadores de riscos climáticos e de preços.

Dessa forma, reforça o documento, é necessário suplementar o orçamento das ações orçamentárias relativas ao ZARC, PSR e garantia de preços na comercialização em relação ao previsto no Projeto de Lei Orçamentária 2018, com o objetivo de amenizar os impactos das perdas na agropecuária sobre a renda, o emprego, os investimentos nas propriedades e o círculo vicioso das renegociações dos financiamentos agropecuários.

Entidades como a Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), a Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), a Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho) e a Organização das Cooperativas do Brasil (OCB) apoiam o pleito e entregaram um ofício de mesmo teor à FPA, solicitando ajustes no orçamento.

A demanda também será encaminhada às Comissões de Agricultura do Senado Federal e da Câmara dos Deputados e ao relator geral do orçamento, solicitando ajustes em ações que afetam a agropecuária brasileira.

Assessoria de Comunicação CNA

Fonte : CNA