EMPRESAS E NEGÓCIOS – Bunge reverte lucro e registra prejuízo líquido de US$ 60 milhões no 4º tri

No acumulado de 2017, o lucro líquido foi de US$ 160 milhões (US$ 1,94 por ação), queda de 78,5% ante 2016

infraestrutura_bunge_terminal_para (Foto: Divulgação)

Termonal da Bunge em Miritituba, no Pará. Empresa investe na compra de uma revenda de insumos (Foto: Divulgação)

A norte-americana Bunge reverteu o lucro líquido de US$ 271 milhões (US$ 1,83 por ação) no quarto trimestre de 2016 e para um prejuízo líquido de US$ 60 milhões (US$ 0,48 por ação) no quarto trimestre de 2017, reportou a empresa nesta quarta-feira, 14. As vendas totais foram de US$ 11,60 bilhões, queda de 1,64% ante os US$ 11,79 bilhões no quarto trimestre de 2016. No acumulado de 2017, o lucro líquido foi de US$ 160 milhões (US$ 1,94 por ação), queda de 78,5% ante 2016. Já as vendas somaram US$ 45,79 bilhões (+7,30%).

No segmento de agronegócios, a receita caiu 3,5% para US$ 7,9 bilhões e o Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) recuou 67% no quarto trimestre de 2017 ante igual período de 2016, para US$ 78 milhões. O movimento, segundo a empresa, foi influenciado pelas margens menores e, no setor de açúcar e bioenergia, pelo clima desfavorável.

"As margens de oleaginosas do quarto trimestre não se recuperaram tão rapidamente quanto o esperado, e os resultados da moagem de cana-de-açúcar tiveram impacto negativo de um período de chuva no fim do trimestre", disse o CEO da Bunge, Soren Schroder, em relatório.

"Vemos sinais positivos de que as condições de processamento de soja estão melhorando, apoiando nossa expectativa de que todos os segmentos mostrem crescimento de lucros ano a ano em 2018", disse Schroder. "Esperamos um primeiro trimestre suave com condições de melhoria durante o resto do ano".

POR ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte : Globo Rural