.........

Emissão da Agrium não afeta perspectiva da empresa, avalia S&P

.........

SÃO PAULO – A agência de classificação de risco Standard & Poor’s disse hoje que a emissão de US$ 500 milhões em debêntures com vencimento para 2022 da empresa canadense de fertilizantes Agrium e a recompra de ações da empresa de até 900 milhões de dólares canadenses (US$ 922,8 milhões) não afetaria o rating ou perspectiva sobre a empresa.

A empresa anunciou hoje que vai vender US$ 500 milhões em debêntures, que serão oferecidas e comercializadas apenas nos Estados Unidos. A Agrium pretende usar os recursos líquidos desta oferta para financiar as despesas de capital previstas e para propósitos corporativos gerais. Os gestores para a emissão são: BofA Merril Lynch, RBC Capital Markets e Scotiabank.

A proposta de recompra é de até 9.473.684 ações por um preço total de até 900 milhões de dólares canadenses (US$ 922,8 milhões ). A Agrium tinha US$ 1,9 bilhão em caixa em 30 de junho deste ano. A companhia chegou a um acordo com a Glencore Internacional para adquirir a maioria dos negócios agrícolas da Viterra após a conclusão da aquisição da Glencore.

Sob o acordo, a Agrium iria adquirir aproximadamente 90% da canadense Viterra, as instalações do varejo, bem como a sua posição minoritária (34%) em uma instalação de nitrogênio localizada em Medicine Hat.

A Standard & Poor’s acredita que a aquisição provavelmente vai ser fechada no quarto trimestre de 2012, para fornecer à Agrium recursos suficientes para financiar a recompra de ações.

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/empresas/2842360/emissao-da-agrium-nao-afeta-perspectiva-da-empresa-avalia-sp#ixzz27UJD5Anh

Fonte: Valor | Por Carine Ferreira | Valor com Dow Jones Newswires