Emater prevê nova supersafra de grãos no Rio Grande do Sul

Estimativas apresentadas durante a 37ª Expointer são baseadas no aumento da área plantada

por Joana Colussi

Emater prevê nova supersafra de grãos no Rio Grande do Sul Fernando Gomes/Agencia RBS

Aumento de 2,8% na área de cultivo de soja, em relação à safra passada, deve puxar a nova supersafraFoto: Fernando Gomes / Agencia RBS

A expansão das lavouras de verão no Rio Grande do Sul prevista para a safra 2014/2015, associada a previsões meteorológicas, poderão resultar em uma nova colheita recorde. Em levantamento divulgado nesta segunda-feira, durante a 37ª Expointer, a Emater prevê aumento de 1,49% da área plantada e um volume de 27,6 milhões de toneladas — 2,8% maior do que a safra histórica deste ano.

As estimativas indicam que a colheita de verão deverá injetar R$ 21,82 bilhões na economia gaúcha, mais de R$ 2,1 bilhões a mais do que no ciclo passado.

— Os prognósticos são positivos, tanto pela capitalização do produtor depois de boas safras seguidas como pela previsão de El Niño, que costuma beneficiar as lavouras de milho, soja, arroz e feijão — destaca Gervásio Paulus, diretor-técnico da Emater.
Leia as últimas notícias de Zero Hora
Leia as últimas notícias do Campo e Lavoura

A safra maior deve ser puxada especialmente pela aumento da área de soja, 2,8% em relação ao ano passado. Dos 141 mil novos hectares, 88 mil são em áreas tradicionalmente ocupadas pela pecuária em campos nativos ou pelo arroz. De 2005 a 2014, a área com a oleaginosa aumentou 117% na Fronteira Oeste e 243% na região Sul.

Fonte: Zero Hora