.........

Em convenção, MDA incrementa negócios da agricultura familiar com supermercados

.........

Começou nesta terça-feira (18), em São Paulo, a 46ª Convenção da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), considerada o maior e mais importante encontro de líderes do setor supermercadista brasileiro. O evento, que prosseguirá até quinta-feira (20) no Bourbon Convention & Spa Resort, em Atibaia (SP), conta, mais uma vez, com a presença de representantes dos ministérios do Desenvolvimento Agrário (MDA) e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), que dividem um dos estandes.
A parceria do governo federal com a Abras consiste na articulação que o MDA e o MDS têm com a agricultura familiar e na aquisição e comercialização da produção dos agricultores familiares pela rede varejista, incluindo a capacitação e a qualificação de mão de obra de pessoas em extrema pobreza, além da inserção no mercado de trabalho dos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). O acordo abrange, também, o intercâmbio de informações técnicas para elaboração e execução de iniciativas envolvidas no Plano Brasil Sem Miséria (PBSM).
Este ano, o MDA divulgará, durante o evento, uma lista de produtos selecionados e aptos para irem às prateleiras dos supermercados. “São produtos de todas as regiões do País, bem representativos da cesta básica da agricultura familiar; bem diversificados, diferenciados e procedentes de biomas como a Amazônia, o cerrado e a caatinga”, informa o diretor do Departamento de Geração de Renda e Agregação de Valor da Secretaria de Agricultura Familiar (Degrav/SAF) do MDA, Arnoldo Campos.
Ele destacou a importância da convenção da Abras para a agricultura familiar, assinalando que representa uma oportunidade de abertura de novos negócios e mercados, além de um aprofundamento da parceria com a Abras. “Faremos várias reuniões com os empresários e é grande a chance de ampliarmos a participação dos produtos da agricultura familiar nos supermercados, para, com isso, aumentarmos também a geração de renda dos produtores rurais”, acrescentou.
A solenidade de abertura da 46ª Convenção da Abras, logo mais à noite, contará com a participação do presidente da entidade, Sussumu Honda, além de executivos do setor e de autoridades, dentre elas, a secretária nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS, Maya Takagi – que representará a ministra Tereza Campello –, além de outras lideranças governamentais.
Durante o evento, os participantes acompanharão no ciclo de palestras com especialistas nacionais e internacionais, histórias de sucesso no varejo e parcerias, dentre outros temas, como gestão de empresas, capital humano, tecnologias e as últimas tendências do setor supermercadista. Além das palestras, o encontro inclui debates, workshops e mesas de negociação.
Parceria
Arnoldo Campos frisa que a convenção, sem dúvida, reforça o acordo entre a Abras, as 27 associações estaduais de supermercados e os ministérios do Desenvolvimento Agrário (MDA) e Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), no âmbito do Brasil Sem Miséria.
Para o presidente da Abras, Sussumu Honda, eventos como a Convenção da Abras e outros, promovidos pela Associação Paulista de Supermercados (Apas), contribuem para que o supermercadista conheça o que vem sendo feito pelo governo dentro do Plano Brasil Sem Miséria. E, principalmente, as inovações que estão sendo criadas para facilitar e ampliar as compras da agricultura familiar. “Prestamos todo o nosso apoio ao Plano”, afirmou Honda.
O acordo está em pleno funcionamento nas cinco regiões do País. O pacto funciona como estratégia para inclusão produtiva, proporcionando geração de emprego para a juventude que vive em extrema pobreza bem como priorizando compra de produtos diferenciados de agricultores familiares nesta condição.
As compras foram iniciadas em 2011 e as unidades da Federação que já aderiram às ações foram as do Centro-Oeste – Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Além das redes de supermercados de atuação regional, outras de alcance nacional como Walmart e Grupo Pão de Açúcar já comercializam os produtos da agricultura familiar.
Brasil Sem Miséria
O Plano Brasil Sem Miséria, do governo federal, articula uma série de programas e ações que ampliam os investimentos na agricultura familiar, fornecendo insumos, assistência técnica, água e energia elétrica e, ainda, incentivando os meios de distribuição dos produtos, com iniciativas conjuntas com o setor supermercadista, como as mencionadas acima.

Fonte: Agronotícias | Assessoria