Dólar assegura competitividade do milho brasileiro

Valorização da moeda norte-americana compensa queda das cotações internacionais, diz Cepea

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Dólar acompanha exterior e fecha em alta a R$ 3,37
MT: produção de milho em 2014/2015 deve elevar VBP para R$ 45,7 bi
Apesar das seguidas quedas da cotação do milho no mercado internacional, a produção brasileira permanece competitiva, graças à valorização do dólar em relação ao real. A análise é do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP.

– O ritmo de negociação, e a maior parte têm sido para exportação, está acelerado e a manutenção da competitividade deve estimular novas operações – diz trecho do boletim semanal da instituição.

Segundo o Cepea, este cenário está sustentando os preços do cereal em meio ao período de pico da colheita da segunda safra, que está prevista para bater recorde.

No acumulado de julho, o indicador Esalq/BM&FBovespa, referente à região de Campinas, interior de São Paulo, fechou a R$ 25,93 a saca de 60 quilos, alta de 1,77%.

Danoil Bianchi/Arquivo Pessoal

Fonte : Canal Rural