.........

Difícil recuperação

.........

O presidente do conselho de administração da Cosan, Rubens Ometto, avalia que, mesmo que todas as promessas do governo favoráveis ao etanol sejam cumpridas, as usinas vão demorar de quatro a cinco anos para se recuperar. " O setor sucroalcooleiro vem ouvindo conversas e promessas por parte do governo de trazer a gasolina ao preço real de mercado, de volta da cobrança da Cide na gasolina e no diesel e de elevação da mistura de 27,5%. Se tudo isso acontecer, a rentabilidade do setor vai melhorar, mas uma recuperação vai demorar", afirmou o empresário em evento ontem em São Paulo. (Fabiana Batista)

Ana Paula Paiva / Valor

© 2000 – 2014. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3795176/dificil-recuperacao#ixzz3KGg9Xh6D

Fonte: Valor |