Desembolsos de crédito rural atingem R$ 139,7 bi em 2012/13

A contratação de crédito pelos produtores rurais na safra 2012/13 chegou a R$ 139,7 bilhões, superando as expectativas, informou ontem o Ministério da Agricultura. O montante disponibilizado inicialmente para financiar a produção agrícola no país era de R$ 133,2 bilhões.

Do montante total desembolsado, R$ 122,68 bilhões foram destinados à agricultura empresarial, 6,4% acima dos R$ 115,25 bilhões previstos inicialmente. Para a agricultura familiar, o desembolso foi de R$ 17 bilhões, ou 94,6% dos R$ 18 bilhões disponibilizados. A quantia é 32% superior à contratada na temporada 2011/12.

Os empréstimos para custeio e comercialização superaram em 5,5% os R$ 86,95 bilhões programados, somando R$ 91,76 bilhões no período. As contratações destinadas a investimentos alcançaram R$ 30,91 bilhões, 9,3% acima do previsto.

Uma linha que teve destaque foi o Programa de Sustentação do Investimento (PSI), com recursos do BNDES, destinado à aquisição de máquinas e implementos agrícolas. Os desembolsos totalizaram R$ 11,5 bilhões na safra 2012/13, quase o dobro dos R$ 6 bilhões programados e também quase o dobro do desembolsado no ciclo anterior.

O secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller, destacou também, entre os programas de financiamento, o Agricultura de Baixa Emissão de Carbono (ABC), que emprestou R$ 2,9 bilhões para a produção com a adoção de práticas sustentáveis. O valor corresponde a 88% dos R$ 3,4 bilhões disponibilizados para a safra 2012/13 e a 94% do montante financiado no ciclo anterior.

Os dados mostram que o ABC ainda está bastante concentrado no Banco do Brasil, um dos dois bancos que trabalham com a linha – o outro é o BNDES. Do total emprestado, R$ 2,6 bilhões saíram do BB, bem acima do R$ 1,5 bilhão inicialmente previsto. O restante, R$ 370 milhões, foi emprestado pelo BNDES, que disponibilizou R$ 1,9 bilhão.

O ministério informou que a linha de crédito BB Agroindustrial, do Banco do Brasil, para a comercialização, beneficiamento ou industrialização de produtos agropecuários adquiridos diretamente de produtores ou cooperativas, desembolsou R$ 12,9 bilhões, mais que o dobro dos R$ 6,4 bilhões de 2011/12.

© 2000 – 2013. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3207236/desembolsos-de-credito-rural-atingem-r-1397-bi-em-201213#ixzz2ZsCtJyo9

Fonte: Valor | Por Tarso Veloso | De Brasília