.........

Decreto regulamenta o CAR no Rio Grande do Sul

.........

Texto leva em consideração as peculiaridades do estado, o único a possuir o Bioma Pampa

O governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, assinou hoje, dia 22, um decreto que regulamenta o Cadastro Ambiental Rural (CAR), considerando as peculiaridades no estado, o único a possuir o Bioma Pampa.

O texto busca esclarecer conceitos e definir regras objetivas para ajudar os produtores gaúchos a regularizarem suas propriedades. Ele também estabelece características e uso ambiental de banhados, além de colocar os porcentuais de áreas protegidas nas propriedades –80% serão de uso e 20% de preservação.

O ato contou com a participação da ministra da Agricultura, Kátia Abreu, que destacou a importância do CAR para o setor produtivo.

– O CAR não deve ser visto como um ônus, mas sim como um bônus, pois se trata de uma tomografia computadorizada do território brasileiro. A expectativa do governo federal é de que haja uma espiral crescente no cadastro do Rio Grande do Sul, uma vez que o produtor ganha segurança para realizar o cadastro. É uma exigência do novo Cadastro Florestal e um pré-requisito para obtenção de crédito rural a partir de 2017 – afirmou.

O Rio Grande do Sul está no último lugar no ranking nacional de adesão ao CAR. O estado possui em torno de 480 mil propriedades rurais. Deste total, apenas 16 mil estão cadastradas, o que representa 3% do total.

Fonte: Ruralbr