.........

DANILO UCHA- O Brasil vai alimentar o mundo

.........

Alan Bojanic, representante da FAO no Brasil

Alan Bojanic, representante da FAO no Brasil

A agricultura e a pecuária brasileiras viverão bons momentos no futuro, apesar de alguns problemas conjunturais de preços das commodities nos próximos dois ou três anos. Até 2050, a população mundial será de 9,7 bilhões de pessoas (aumento de 37%) e, para alimentá-la, a produção total de alimentos terá que aumentar em 80%. Só de cereais, deverão ser 3 bilhões de toneladas/ano (hoje, são 2,1 bilhões t/ano) e, de carne, a produção terá que aumentar 200 milhões de toneladas. É crescente a demanda por produtos nos quais o Brasil tem vantagem comparativa, como carnes e cereais forrageiros; é crescente a importância dos mercados asiático e africano e “a depreciação da taxa de câmbio entre o real e o dólar beneficiará agricultores brasileiros”.

O Brasil II

Estes números são do mais recente relatório da FAO/OECD (Organização da ONU para Agricultura e Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico) para 2015-2024, divulgado pela ONU, e que observa que o grande fornecedor dos alimentos que o mundo precisará será o Brasil, que já é o segundo exportador de alimentos (em volume) e, nos próximos 10 anos, se tornará o primeiro (valor + volume). Alan Bojanic, representante da FAO no Brasil, aponta os desafios do País para alcançar tal meta: melhor escoamento (logística, rodovias, portos, armazenamento), mais tecnologia, assistência técnica, cooperativismo, menos burocracia nos licenciamentos e melhor governança. Segundo Bojanic, são três os básicos: manter os ganhos de produtividade; melhorar a sustentabilidade ambiental da agricultura; e atingir novas reduções da pobreza e da desigualdade.

Parque Assis Brasil

Caberá à prefeitura de Esteio conceder as licenças ambientais para que a Bolognesi Empreendimentos inicie as obras de infraestrutura no Parque Assis Brasil. A decisão é da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) e da Secretaria do Meio Ambiente de Esteio. A empresa já fez as primeiras reuniões com o prefeito Gilmar Rinaldi.

Pandorga

A Pandorga Tecnologia, através de sua filial na Inglaterra, a Code Hub, será homenageada pela Embaixada Britânica em São Paulo. A empresa, instalada no Tecnopuc, entrou no rol das empresas brasileiras globais. A Pandorga está desde 2012 em Londres, quando expandiu suas atividades para o Tech City. Será representada pelo diretor Fabio Krohn.

Capão do Leão

A Bayer CropScience, uma das líderes mundiais em inovação no segmento de ciências agrícolas, desativou seu centro de pesquisa em Capão do Leão, na Zona Sul do Rio Grande do Sul. Também foram fechados os de Boa Vista (RR) e Jaguaruana (CE). Todos os equipamentos — tratores, semeadoras, colheitadeiras, equipamentos de laboratório, balsas flutuantes, bombas, tubos e geradores — estão sendo leiloados no site www.superbid.net.

Bons preços

Os animais da raça Angus continuam vendendo bem. O 7º Leilão FSL Angus Itu registrou aumento de 20% na média dos preços dos touros, alcançando R$ 14.136,00. Foram vendidos 94 animais, duas prenhezes e 980 doses de sêmen. Destaque foi o touro FSL Gênios. O pecuarista André Fernando Rossetti, de Goiás, pagou R$ 240 mil por 50% dele.

Arranjo produtivo

O Arranjo Produtivo Local de Máquinas e Equipamentos do Estado (APLMAQ) realizou missão de prospecção a empresas das cidades de Milão, Bergamo e arredores, na região da Lombardia, Itália. O objetivo foi o de identificar boas práticas na gestão de arranjos produtivos locais, levantar ações de cooperação entre as empresas e identificar benefícios obtidos e dificuldades encontradas nas relações interempresariais do arranjo. O grupo teve a participação do diretor do APLMAQ, José Cristiano Daudt, do coordenador executivo Ciro Copello e dos professores Ricardo Cassel e Carla ten Caten, da Ufrgs. O roteiro também incluiu visita à Expo Milão, onde houve participação em evento da Apex-Brasil, cuja programação contou com palestra do presidente nacional da Abimaq, Carlos Pastoriza.

Spa do Vinho

A gaúcha Karina Licks assumiu a gerência-geral do Spa do Vinho Hotel & Condominío Vitivinícola, em Bento Gonçalves, e, com isso, tornou-se uma das seis líderes de hotéis Marriot no País. Lidera uma equipe de 96 funcionários, segundo informação de Deborah Villas-Bôas Dadalt, sócia-diretora do empreendimento.

O Dia

  • A rede Mundo Verde, de produtos naturais e orgânicos, inaugurou loja em Pelotas. O Rio Grande do Sul já soma sete unidades da rede.
  • A Manjabosco Decor receberá, em café da manhã, o gerente comercial da EcoSimple, Marcelo Itacarambi, para bate-papo com profissionais de arquitetura e decoração.
  • Diogo Carvalho, fundador do Grupo Destemperados, vai falar sobre o grupo e gastronomia, no Bom Dia Associado da Federasul, às 8h30min, no Palácio do Comércio.
  • Seminário sobre educação e saúde no Estado começará, às 8h30min, na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, organizado pelo Conselho de Cidadãos Honorários, presidido pelo médico Alberto Kaemmerer, também especialista em administração da saúde.
  • A FEE divulgará a Carta de Conjuntura de agosto, às 10h, na rua Duque de Caxias, 1.691.
  • A Associação Brasileira de Angus realizará almoço especial, às 11h30min, no restaurante Fazenda Barbanegra. O presidente José Roberto Pires Weber falará sobre a Angus na Expointer.
  • O advogado Rolf Hansen Madaleno falará sobre guarda compartilhada, às 12h, no Instituto dos Advogados, entrada franca, na travessa Acelino de Carvalho.
  • Associação Gaúcha de Avicultura será homenageada, na Assembleia Legislatia, por seus 50 anos.
  • Os consultores Sidnei Oliveira e Clóvis de Barros Filho serão palestrantes no 14º Fórum de Gestão de Pessoas, da ABRH-RS, no Teatro Feevale, em Novo Hamburgo, às 13h30min.
  • A Fras-le S.A., de Caxias do Sul, divulgará resultados do 2º trimestre.
  • Às 19h, lançamento da 16ª Mostra Sala de Arquitetos, no Espaço Estilo A, na avenida Independência, 2.423, Caxias do Sul.
  • Às 19h, na CI Zona Sul (avenida Pereira Passos, 1.125) bate-papo sobre programas de intercâmbio para quem tem mais de 50 anos. Luiz Angelo Giacobbo, de 84 anos, dará depoimento sobre estudo de inglês no Canadá.
  • DANILO UCHA
    ucha@jornaldocomercio.com.br
    Painel Econômico

    Fonte : Jornal do Comércio