.........

DANILO UCHA: Contrabando ameaça a cultura e a indústria do fumo

.........

Contrabando ameaça a cultura e a indústria do fumo

MARCELO G. RIBEIRO/JC

Cigarros vindos do Paraguai prejudicam a lavoura gaúcha

Cigarros vindos do Paraguai prejudicam a lavoura gaúcha

Um índice sem dúvida impressionante, 32% do mercado brasileiro de cigarros são abastecidos por cigarros vindos de contrabando do Paraguai. O mercado do Rio Grande do Sul tem o mesmo percentual de consumo de cigarro ilegal. De acordo com o Sindicato da Indústria do Tabaco, de Santa Cruz do Sul, este é o maior problema da cadeia produtiva no momento, mais prejudicial que as campanhas contra o fumo e até o peso dos impostos do governo federal. O contrabando afeta a indústria, o comércio, a agricultura e os governos. Só o Rio Grande do Sul deixa de arrecadar mais de R$ 100 milhões/ano em impostos. A estabilidade da indústria e do varejo (20% dos resultados vêm da venda de cigarros) é prejudicada e, também, o consumidor, que fuma um produto de baixa qualidade e sem controle. Os pequenos agricultores, os maiores produtores de fumo, já terão redução de 15% na área plantada em 2015, por conta da ilegalidade, sendo afetadas mais de 10 mil famílias.

Fumo II

Os números mostram a importância da produção de fumo: 97% se concentra na região Sul; as exportações para 102 países, em 2013, renderam US$ 3,27 bilhões; o Brasil é o segundo maior produtor de tabaco em folha do mundo, com 640 municípios envolvidos; e o Rio Grande do Sul produz a metade de todo o País, em 268 municípios. No País, há 332 mil hectares plantados por 160 mil produtores, com 30 mil empregados diretos e ocupando 640 mil pessoas. A receita dos produtores chega a R$ 5,3 bilhões/ano e o governo ganha, em impostos, R$ 10,8 bilhões/ano. As exportações de fumo representam US$ 3,24 bilhões nas balanças comerciais do Rio Grande do Sul (9,3%), Santa Catarina (10,2%) e Paraná (6,2%). O maior importador é a Bélgica, com US$ 597 milhões. A concorrência ilegal do contrabando traz um prejuízo enorme, segundo o Sinditabaco, especialmente levando em conta que a maioria dos plantadores são pequenos agricultores com propriedades, em média, de 16,1 hectares.

Agronegócio

O ex-ministro da Agricultura Roberto Rodrigues fará uma palestra sobre o futuro do agronegócio brasileiro, às 8h, no hotel Sheraton. Iniciativa do Lide Sul, presidido por Gustavo Ene.

CNC

Será, hoje, em Brasília, a primeira eleição para a diretoria da Confederação Nacional do Comércio com chapa de oposição. O presidente da Federação do Comércio do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ), Orlando Diniz, enfrentará o atual presidente, Antônio Oliveira Santos, que está há 42 anos no poder.

Preço da uva

Representantes do setor vitivinícola gaúcho se reunirão, dia 8 de outubro, em Bento Gonçalves, para discutir o preço da uva comum da próxima safra. Querem R$ 0,76 pelo quilo e as vinícolas oferecem R$ 0,67. No ano passado, o preço foi R$ 0,63. Quem fixa o preço mínimo é o Conselho Monetário Nacional até o final de novembro.

Floresta

O presidente da Fiergs, Heitor José Müller, vê um cenário promissor na cadeia de base florestal, embora exija que o governo desentrave questões como o de licenciamento dos plantios e projetos. Foi o que ele disse, terça-feira, no lançamento da 5ª Feira da Floresta e do 12º Congresso Florestal Estadual do Rio Grande do Sul, marcados para os dias 11 a 15 de maio de 2015. É uma promoção da Associação Gaúcha de Empresas Florestais, conjuntamente com a prefeitura de Nova Prata, com organização da Futura Feiras e Empreendimentos e da Associação Congresso Florestal de Nova Prata, segundo João Borges, presidente da Ageflor.

O Dia

  • Como reduzir custos e aumentar a produtividade será tema de debate, às 8h30min, no Grupo Processor, na rua Severo Dullius, 410, bairro São João.
  • O superintendente executivo do Hospital Moinhos de Vento, Fernando Andreatta Torelly, palestrará no Encontro Paranaense de Saúde, em Curitiba.
  • Roberto Cervo, presidente da Agert, apresentará o Relatório Social 2013, em café da manhã, às 8h.
  • Em Santa Maria, às 8h30min, no Colégio Politécnico da UFSM, o 1º Encontro de Produtores de Ovinos da Região Centro, para estimular os negócios.
  • As mudanças trazidas pelo Marco Civil da Internet serão esclarecidas, às 9h, em encontro na Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação-RS, em parceria com a LB Consultoria, no Tecnopuc.
  • O Bourbon Shopping Ipiranga receberá, hoje e amanhã, o 12º Saúde do Coração, do Hospital Ernesto Dornelles, às 10h, no Dia Mundial do Coração.
  • Cristina Guerra, sócia do escritório gaúcho Guerra IP, está nos Estados Unidos para palestra sobre Marketing de Emboscada no encontro anual da Association of Intellectual Property Firms, em Washington.
  • O candidato do PDT ao governo do Estado, Vieira da Cunha, será o palestrante na Associação Aço-RS, às 12h, no Hotel Plaza São Rafael.
  • A legalização da maconha e a drogadição será o tema de Sérgio Ivan e Adelina Borges no almoço da ADCE, às 12h, na Igreja da Pompéia.
  • Audiência pública na Assembeia Legislativa sobre os depósitos de areia de Porto Alegre, às 14h, a pedido do deputado Miki Breier (PSB).
  • Casamento coletivo de 27 casais, às 16h, no Palácio da Justiça, Galeria dos Casamentos.
  • Restaurante Peppo Cucina fará a terceira edição do jantar harmonizado dos seus 10 anos, com vinhos Garage, Armazém dos Importados, Grand Cru, Mistral e Dal Pizzol. Bancários decidirão, às 19h, se farão greve. No Clube do Comércio (Rua dos Andradas, 1.085).
  • A IE Business School, escola de negócios da Europa, apresentará programas de pós-graduação e MBA, às 19h30min, no Hotel Mercure Porto Alegre Manhattan.
  • Degustação de vinhos antigos da Confraria Bom Vin, às 20h, no Le Bistrot Gourmet, Alameda Alipio Cesar, 22.

 

Fonte: Jornal do Comércio

DANILO UCHA
ucha@jornaldocomercio.com.br
Painel Econômico

Coluna publicada em 25/09/2014