DANILO UCHA – Apoio à indústria da lã no Rio Grande do Sul

Deputado João Fischer reuniu-se com dirigentes do setor laneiro

Deputado João Fischer reuniu-se com dirigentes do setor laneiro

Uma negociação liderada pela Frente Parlamentar em Defesa da Indústria e do Setor Produtivo junto ao governo do Estado garantiu a permanência de 5 mil empregos diretos e indiretos na indústria de lã no Rio Grande do Sul. Pelo Decreto nº 52.891, o governo alterou o Regulamento do ICMS, garantindo ao setor a utilização de créditos presumidos. Para o presidente da Frente Parlamentar, deputado João Fischer (PP), os créditos fiscais serão decisivos para a manutenção de empregos e a sobrevivência do setor neste momento de crise. Embora o Brasil esteja no último grupo de países produtores de lã, ao lado da Itália e Irlanda, com 1%, a atividade é importante para o Rio Grande do Sul, embora os grandes rebanhos ovinos estejam no Nordeste (48,14%), mas, lá, a criação é de ovelha deslanada. No Sul (41,98%), a maioria é de ovelha-lã.

Uruguaiana

Há, pelo menos, três candidatos à prefeitura de Uruguaiana nas próximas eleições. O ex-prefeito Sanchotene Felice quer voltar; o atual prefeito, Luiz Augusto Schneider, quer continuar; e o vereador Ronnie Mello, que fez 5.500 votos na conquista do segundo mandato, promete ser um forte adversário.

Museu naval

A Corveta Imperial Marinheiro, da Marinha de Guerra brasileira, deixou o serviço da armada e transformou-se em mais uma atração em Rio Grande. Passou a ser navio-museu, no cais do porto velho, através de convênio da Marinha com a Universidade Federal do Rio Grande. É o terceiro navio-museu do País. Os outros são no Rio e em Belém.

650% de aumento

A Associação Gaúcha das Indústrias de Gelados Comestíveis (Agagel) uniu-se à luta de entidades nacionais contra o aumento de imposto aplicado pelo governo federal sobre o produto, dia 1 de fevereiro. De acordo com o presidente da Agagel, Daniel Greve, os sorvetes estarão sujeitos a uma alíquota de 5% sobre o preço de venda. Anteriormente, os sorvetes de dois litros pagavam imposto de R$ 0,10 por embalagem. Na prática, um pote de sorvete que custa R$ 15,00 passará a pagar R$ 0,75 de imposto, em vez de R$ 0,10. Isto significa um reajuste de 650% na tarifa, o que é considerado um abuso pelas indústrias do setor.

TIM

Os investimentos em infraestrutura e o novo portfólio de ofertas marcaram o ano de 2015 na TIM, que, mais uma vez, revolucionou o mercado de comunicação móvel no Brasil. A companhia investiu, no período, cerca de R$ 4,7 bilhões, um crescimento de 18,6% em relação ao ano anterior, desconsiderando a aquisição de licenças de espectro.

Mistertech

O Shopping Iguatemi Caxias do Sul recebeu a primeira loja Mistertech da Serra gaúcha. O espaço de varejo de tecnologia pertence ao Grupo Herval e foi inaugurado no dia 4 de fevereiro.

Tannat e Chardonnay

Apesar das dificuldades climáticas acentuadas nesta safra da uva, a vinícola Dunamis, que tem vinhedos em Dom Pedrito e em Cotiporã, leva fé nos vinhos que resultarão das castas Tannat e Chardonnay. Elas resistiram bem à sequência de chuvas, geadas e granizo que atingiram todo o Rio Grande do Sul e prometem se transformar em vinhos de ponta.

Aftosa

Dos 208,4 milhões de cabeças de gado do rebanho brasileiro, 147,2 milhões foram vacinados contra a febre aftosa em 2015. A informação é do Ministério da Agricultura, explicando que não se chegou ao total, porque Santa Catarina, por ser livre da doença, não vacina, e alguns estados não alcançaram imunização total do rebanho.

Rivera-Livramento

Uma iniciativa conjunta das entidades empresariais de Sant’Ana do Livramento, na fronteira com a cidade de Rivera, no Uruguai, vem ajudando a movimentar um pouco mais a economia das duas cidades. Em movimento encabeçado pela Associação Comercial e Industrial de Livramento-ACIL, a CDL, o Sindicato do Comércio e a Associação de Mulheres Empreendedoras do município, juntamente com empreendedores, comerciantes e prestadores de serviço de Livramento e Rivera, foi criado um Centro de Recebimento ao Turista, estrutura que está conseguindo oferecer um apoio importante para agilizar o trâmite de documentos dos visitantes e, ao mesmo tempo, oferecendo as atrações e serviços de gastronomia, hotelaria e lazer nas duas cidades.

Empresa anfitriã

Foi num hotel na praia de Atlântida, em 1979, que o economista Geraldo Castelli profissionalizou a vocação anfitriã do Estado ao criar a primeira faculdade de hotelaria do Brasil. Quase 35 anos depois, a sua Castelli Ensino Corporativo, em Canela, dá um novo passo ao inserir a hospitalidade como ferramenta de gestão de empresas privadas e públicas com os programas Empresa e Cidade Anfitriã.

Trigo

Alberto Luiz Franzoi, da Franzói & Cia. Ltda. (Moinho Santo Antonio), envia a que seria a frase original de Assis Chateaubriand, mandando os gaúchos plantar capim. Diz que, em 1956, em Erechim, diante do então presidente da República Juscelino Kubitschek, do vice-presidente João Goulart, do governador Ildo Meneghetti e do deputado Tancredo Neves, Chatô disse: "Gaúchos, plantai capim, dai de comer a ovelhas, enchei vossas burras de dinheiro e tereis dinheiro suficiente para comprar carros, champanhe e mulheres francesas para vosso deleite". Há várias versões, inclusive a que ele – de quem o jornalista era um admirador – sugeriu importar trigo dos EUA, citada na coluna de quarta-feira.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA/DIVULGAÇÃO/JC

Painel Econômico
DANILO UCHA
Painel Econômico

Fonte : Jornal do Comércio