.........

Curtas – Processo eletrônico

.........

O sistema Processo Judicial Eletrônico (PJe) passou a ser obrigatório para a proposição de novas ações nas subseções da Justiça Federal de Assis e Ourinhos, em São Paulo. A obrigatoriedade só não vale para as ações criminais – ainda não abrangidas pelo sistema – e para as execuções fiscais, cujo ajuizamento pelo PJe continua a ser facultativo. A expansão do sistema está prevista no cronograma definido pela presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, desembargadora Cecília Marcondes, na Resolução PRES 88, de 24 de janeiro de 2017. O PJe foi lançado na Justiça Federal da 3ª Região, que abrange os Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, em 21 de agosto de 2015, inicialmente em São Bernardo do Campo (SP).

Emprego a jovem

A oportunidade de emprego a jovens em situação de vulnerabilidade social no Estado do Rio de Janeiro é o objetivo do projeto Central de Aprendizagem, lançado este mês pela Corregedoria do Tribunal de Justiça local (TJ-RJ). A oferta será na modalidade de aprendizagem em empresas fluminenses. As vagas serão destinadas tanto a jovens infratores que cumprem medidas socioeducativas quanto a adolescentes que vivem em situação de acolhimento e estão prestes a completar 18 anos de idade, condição que, quase sempre, representa a saída dos abrigos.

Fonte : Valor