.........

Curtas – Novo Cejusc

.........

O Tribunal de Justiça de São Paulo inaugurou no dia 29 o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) de Campo Limpo Paulista, na capital. Com a implantação, o TJ-SP passou a contar com 193 unidades de Cejuscs e 32 postos de atendimento. As unidades recebem demandas processuais e pré-processuais das áreas cível e de família. Não há limite de valor da causa. O atendimento é gratuito. O interessado procura o Cejusc para uma tentativa de acordo e sai com a data e o horário em que deve retornar para a sessão de conciliação. A outra parte recebe uma carta-convite. No dia marcado, conciliadores ou mediadores auxiliam os envolvidos a buscar uma solução.

Cadastro de adoção

O Cadastro Nacional de Adoção (CNA), da Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), passa por reformulação para agilizar a identificação de pais e as crianças a serem adotadas em todo o país. De acordo com a juíza auxiliar da corregedoria, Sandra Silvestre Torres, está sendo adotado um conjunto de medidas para que até o próximo semestre os dados do cadastro de adoção estejam mais transparentes e deem maior rapidez aos processos. A magistrada está à frente do grupo de trabalho de infância e juventude, instalado pela Portaria nº 36, editada no ano passado pela corregedoria, para fazer essa reformulação.

Fonte : Valor