Curta – Economia de energia

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) iniciou este mês o Projeto TJ Sustentável 2017. A competição, que abrange todo o Judiciário paulista, busca estimular o consumo consciente entre magistrados e servidores, reforçando, dessa forma, a responsabilidade socioambiental do TJ-SP. Nesta edição o jogo focará na economia de água, energia (da mesma forma que nas duas edições anteriores) e traz como novidades o indicador de gastos com papel sulfite, além do incentivo à coleta seletiva. Em 2016 os esforços conjuntos resultaram em economia de cerca de 5,1 milhões de kWh de energia, de R$ 481 mil em contas de telefone e de 2,4 milhões de copos descartáveis. A comarca de Presidente Venceslau foi a vencedora, com General Salgado em segundo e Piquete em terceiro. Ao final da competição – que este ano vai até novembro – o prédio com maior número de pontos será o vencedo

Fonte : Valor