CPI da Funai debate demarcações de terras com antropólogos

 

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga a atuação da Funai e do Incra na demarcação de terras indígenas e de remanescentes de quilombos realiza audiência pública hoje.

As convocações estão relacionadas com a demarcação da Terra Indígena Mato Preto, no Rio Grande do Sul e demarcações de terras em Sananduva, também no estado.

Os deputados autores dos requerimentos questionam supostas irregularidades na formulação de laudos antropológicos.

Convidados
Foram convidados para o debate:
– o professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Aldomar Arnaldo Rückert;
– o professor da Faculdade Meridional, Henrique A. Kujawa;
– o advogado Nestor Fernando Hein;
– a professora Adjunta na área de Antropologia Social na Universidade Estadual de Santa Cruz, Flávia Cristina de Mello;
– o professor e presidente da Associação Brasileira de Antropologia (ABA), Antônio Carlos de Souza Lima; e
– o antropólogo e ex-membro da Associação Brasileira de Antropologia (ABA), Edward M. Luz.

A reunião está marcada para 14 horas, no plenário 8.

Da Redação – MT

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura ‘Agência Câmara Notícias

Fonte : Agência Câmara