Cotrijal defende mais crédito para compra de máquinas agrícolas

 

Presidente da cooperativa participou do lançamento oficial da Expodireto nesta segunda-feira

Presidente da cooperativa  participou do lançamento oficial da Expodireto nesta segunda-feira  | Foto: Alina Souza

Presidente da cooperativa participou do lançamento oficial da Expodireto nesta segunda-feira | Foto: Alina Souza

Ao encontrar a ministra da Agricultura Kátia Abreu  em Brasília, o presidente da Cotrijal, Nei Mânica, irá não apenas formalizar o convite para a 17ª edição da Expodireto, em Não-Me-Toque. Ele também pretende pedir que sejam disponibilizados mais R$ 2,5 bilhões em recursos do Moderfrota para a safra 2016/2017, o que poderia dar um ânimo a mais para a feira, que ocorre de 7 a 11 de março.
"Vamos reforçar com a ministra a necessidade de implementar mais recursos não só para a feira, porque depois tem as vendas que ocorrem durante o ano e o produtor precisa ter esse limite de crédito", assinalou Mânica, durante o lançamento oficial da feira, nesta segunda-feira, no Palácio Piratini. Hoje estão disponíveis pelo Moderfrota R$ 1,5 bilhão, volume que as empresas consideram insuficiente.
Durante o lançamento da feira, o governador José Ivo Sartori destacou que está otimista com o desempenho da feira mesmo em um ano de instabilidade econômica. "Sabemos que o ano é de muitas dificuldades, mas acreditamos no setor para que as rodadas de negócio sejam muito produtivas", destacou o governador.

Fonte : Correio do Povo