.........

Contramão

.........

Na contramão do que ocorre em países europeus mais cuidadosos com a qualidade da alimentação, onde o consumo de produtos orgânicos e biodinâmicos aumenta, o Brasil está utilizando mais agroquímicos na agricultura. O modelo agronômico importado acriticamente dos Estados Unidos, principalmente, com a chamada Revolução Verde, na década de 1950, que serviu para desovar imensos estoques de material químico encalhados após o final da II Guerra, continua vigente em boa parcela do agronegócio brasileiro. Senão, como explicar o aumento da comercialização de agroquímicos muito acima da média mundial? Quem, no entanto, ignorar a consciência ambiental das novas gerações, com o poder de fogo de que dispõem nas redes sociais, corre o risco de ver, em pouco tempo, suas exportações embargadas e de enfrentar forte rejeição aos seus produtos também no mercado interno. Não é aconselhável subestimar consumidores preocupados com a qualidade do que comem.

Fonte: Zero Hora | OLHAR DO CAMPO | Irineu Guarnier Filho