.........

Conab mantém projeção para trigo

.........

A persistência da escassez de chuva no Estado levou a Conab a manter a estimativa de 976,2 mil hectares de área com trigo, o que representa aumento de 4,7% sobre os 932,4 mil hectares do ciclo anterior. A segunda parcial faz parte do 10 levantamento da safra 2011/12, realizado entre 18 e 22 de junho. As dificuldades causadas pela seca, segundo o superintendente da Conab/RS, Glauto Melo Junior, farão o plantio do cereal de inverno se estender além de 15 de julho, limite tecnicamente indicado. Somente a partir do final da semeadura, será possível apontar as tendências de produção e produtividade. Por enquanto, a Conab sustenta a projeção de queda de 14,6% na colheita para 2,34 milhões de toneladas. No rendimento, o recuo é estimado em 18,4%, com 2.400 quilos por hectare.
Para o Brasil, o levantamento aponta a tendência de maior queda na área total em relação à pesquisa anterior. O percentual subiu de 11,3% para 12,6% ontem. A alteração se deu especialmente pela revisão de área no Paraná. Com plantio praticamente finalizado, o estado registra a queda de 26,3% em relação a 2011, totalizando 768,3 mil ha.

Fonte: Correio do Povo