.........

Companhia assina acordo com bancos

.........

A JBS anunciou ontem que assinou o esperado acordo de renegociação de suas dívidas com bancos no país. Ao todo, R$ 21,7 bilhões – 93% das dívidas da JBS Brasil – foram repactuados. Os bancos aceitaram rolar esse passivo por um prazo de 12 meses.

À Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a companhia informou que, no período de estabilização acordado com os bancos, vai amortizar 10% de uma dívida de R$ 20,5 bilhões. Os recursos serão pagos em quatro parcelas iguais e em um período até 270 dias.

Segundo a JBS, os recursos oriundos da venda de ativos – com exceção dos US$ 300 milhões que serão recebidos pela venda de frigoríficos no Mercosul à Minerva Foods – acelerarão o pagamento das dívidas repactuadas. A JBS Brasil usará cerca de 80% dos recursos líquidos obtidos com a venda de ativos para amortizar a dívida.

A empresa pretende obter R$ 6 bilhões com a venda de negócios como sua controlada irlandesa Moy Park, confinamentos e fazendas e a participação de 19% na Vigor.

O Itaú, que não assinou o pacto geral, fechou um acordo pelo qual receberá 40% de amortização de sua dívida de R$ 1,2 bilhão. O prazo de pagamento dos 60% restante foi renovado por 12 meses, nas condições originais dos contratos.

Por Luiz Henrique Mendes | São Paulo

Fonte : Valor