.........

Câmara marca discussão sobre laticínio em recuperação judicial

.........

Situação da LBR deve ser debatida pela Comissão de Agricultura

por Globo Rural On-Line

ThinkStock

A Lácteos Brasil, empresa em recuperação judicial, tem capacidade de produzir 2 bilhões de litros de leite por ano (Foto: ThinkStock)

A Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados marcou para a próxima terça-feira (1/10) uma audiência para discutir o fechamento de unidades da empresa Lácteos Brasil (LBR) no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Rio de Janeiro. A pauta prevê também a discussão sobre as dívidas da empresa com o BNDES e a situação dos funcionários da companhia.
O próprio presidente do BNDES, Luciano Coutinho, está entre os convidados para a audiência, marcada para as 14h30. Devem participar também representantes da Receita Federal, da empresa e dos trabalhadores.
A Lácteos Brasil foi criada em 2010 com a fusão da Laticínios Bom Gosto e da LeitBom. Além das próprias marcas Bom Gosto e LeitBom, a empresa detém os direitos sobre a Parmalat no Brasil. A operação que fundiu as duas empresas teve participação do BNDES (que detém 30,3% do capital) e de empresas de investimentos.
Em fevereiro deste ano, companhia entrou com um pedido de recuperação judicial, com dívidas calculadas em mais R$ 1 bilhão. O plano prevê pagamentos até 2026 e alienação de unidades produtoras com opção de compra. A empresa ainda tenta a aprovação por parte dos credores.
Mais recentemente, estavam em curso negociações da LBR com a Parmalat, controlada pela francesa Lactalis, para um eventual aporte de capital e transferência de controle. No último dia 16, as duas empresas informaram que as conversas terminaram sem sucesso.
“As condições para completar essa transação não podem ser satisfeitas”, informou a Parmalat no comunicado em que anunciou a suspensão das negociações.

Fonte: Globo Rural