Clima quente é a nova preocupação de triticultores

Variação climática pode prejudicar produtividade das lavouras, diz Cepea

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Paraná eleva projeções de safra de milho e trigo
Produção mundial de trigo é reduzida para 710 milhões de toneladas
Após as chuvas da primeira metade do ano, os produtores de trigo passaram a se preocupar com as altas temperaturas, por conta da possibilidade de a produtividade ser prejudicada com as variações climáticas. O análise é do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP.

– Essas variações climáticas podem afetar fortemente a produtividade das lavouras, e, com isso, estimativas oficiais ainda podem registrar alterações – diz trecho do boletim semanal da instituição.

O Cepea constatou que os produtores gaúchos podem reduzir a área plantada, em relação ao estimado anteriormente, na intenção de não atrasar a semeadura da soja.

No momento, os triticultores estão voltados aos tratos culturais do trigo semeado, preocupados com a possibilidade de pragas e doenças surgirem na lavoura, por conta da forte umidade trazida pelas chuvas.

A situação, combinada com o aumento do dólar, pode elevar os custos de produção e encarecer a importação de produtos.

Edmar Romero/Rio Bom (PR)

Fonte: Canal Rural